Publicado em Educação

Como fazer uma boa redação em um concurso

por em01 Dezembro 2017 119 acessos
  • .
Report ThisConteúdo Inadequado? Avise-nos

Redações nota 10 em concursos públicos devem ser dissertativas, com temas da atualidade e palavras-chave

Classificatórias e de caráter eliminatório, as redações em concursos públicos fazem toda a diferença na posição final dos candidatos. Para obter uma boa classificação, é importante que o pretendente à vaga domine a língua portuguesa e saiba produzir uma boa redação, que deve respeitar a ideia solicitada na prova. Nessa hora, o simples vale mais do que o rebuscado; afinal, escrever para um concurso público é diferente de produzir um texto publicitário ou jornalístico.

É importante que a redação seja clara e coesa, fácil de ser entendida. Uma linguagem básica, objetiva e totalmente adaptada ao tema da prova fará de um texto comum uma redação nota 10 em um concurso público. Já na introdução textual, a adequação ao assunto deverá ser notada, reforçando a tese proposta e com frases argumentativas.

Escrevendo a melhor redação para concurso

Para fazer uma boa redação, não é segredo que o candidato deve praticar a leitura e a escrita com frequência. Afinal, quem lê mais absorve um volume maior de palavras, sinônimos e adjetivos, além de obter mais chances de saber argumentar com clareza. Entretanto, nem só a leitura ou a prática fazem a diferença durante a construção de uma redação: há outras etapas preparatórias que devem ser seguidas à risca.

Antes de mais nada, é necessário que o concurseiro faça o planejamento do seu texto, atentando ao enunciado da prova. As palavras-chave com maior carga semântica devem ser sublinhadas para que sejam devidamente utilizadas no decorrer da redação do concurso. O conhecimento prévio sobre o tema do candidato deve ser ativado sem que ele fuja da ideia inicial proposta pela atividade.

Em seguida, é chegada a hora do rascunho, que irá comportar a primeira versão da redação. O conteúdo deverá seguir o planejamento inicial com uma estrutura que siga impreterivelmente essa ordem: introdução, desenvolvimento e conclusão. O texto pode ser finalizado com uma previsão ou possível solução para a problemática apresentada, desde que a sua introdução e desenvolvimento acompanhem o raciocínio proposto, reunindo de forma concisa os principais pontos solicitados.

Redação para o concurso do Banco do Brasil

Cada concurso tem os seus próprios critérios e metodologias, por isso, é importante que o candidato estude atentamente as provas anteriores da organização que oferece a vaga desejada. No caso dos concursos do Banco do Brasil, por exemplo, as redações dissertativos-argumentativos de temas da atualidade são a maioria, embora também seja normal temas institucionais, como a responsabilidade social, trajetória e ações publicitárias da empresa.

Com tempo de cinco horas, a prova levará em conta a adequação ao tema proposto e ao tipo de texto solicitado, emprego apropriado de mecanismos de coesão, como referenciação, sequenciação e demarcação das partes do texto; capacidade de selecionar, organizar e relacionar de forma coerente argumentos pertinentes ao tema proposto (pensamento articulado do candidato) e pleno domínio da modalidade escrita da norma-padrão (adequação vocabular, ortografia, morfologia, sintaxe de concordância, de regência e de colocação).

Concurso da Petrobras: como fazer uma redação nota 10

Apesar de não promover grandes surpresas em sua prova, a redação do concurso da Petrobras pode exigir questões de níveis mais aprofundados, que farão a diferença na classificação dos candidatos. Os conteúdos que costumam ser mais cobrados nesse concurso são semântica, verbos, regência, modos textuais e crase.

Redação para o concurso dos Correios

Quem sonha com uma vaga nos Correios deve estudar a interpretação e produção de texto, já que a prova exige noções de concordância verbal, nominal e crase, de acordo com as regras de regência verbal (uso de pronomes demonstrativos, substantivos masculinos e femininos).

No concurso dos Correios, a banca examinadora tem preferência por redações dissertativas que abordem temas atuais, preferencialmente ligadas à assuntos pertinentes ao concurso. A linguagem denotativa (própria) também deve predominar, bem como a conotativa (figurada), o que exige o domínio das palavras-chave em uma divisão de conteúdos separados por parágrafos.

O que evitar em uma redação de concurso

Agora que você já sabe como fazer uma boa redação para concurso, fique de olho nos hábitos que devem ser evitados nos textos:

  • Sentenças ou parágrafos muito longos;
  • Termos chulos, regionais ou gírias
  • Posições “em cima do muro”: sua opinião deve ser defendida no texto
  • Caligrafia ilegível: sua prova pode ser desclassificada
  • Desrespeito às normas gramaticais
  • Expressões difíceis ou desnecessárias à redação

Agora, é só colocar as mãos à obra e treinar para uma redação infalível no concurso público de sua escolha. Para se preparar para o texto e as questões, os cursos preparatórios online para concurso são uma opção prática de obter conhecimento sem precisar sair de casa.

INSCREVA-SE NO CANAL DO APROVA E ACOMPANHE AS NOVIDADES SOBRE CONCURSOS PÚBLICOS