Educação
Londrina Norte Shopping recebe ação da “Maio Amarelo”
Publicado em Transporte

 

O Londrina Norte Shopping será um dos pontos de ação da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU), que realiza a campanha de prevenção de acidentes “Maio Amarelo”.

Na quinta-feira, dia 18, entre 16h30 e 19h30, fiscais da CMTU vão emitir “Autos de Infração Educativo” a condutores que utilizarem irregularmente vagas preferenciais para idosos e portadores de deficiência no estacionamento do Shopping.

“É uma abordagem puramente educativa e o auto é, na verdade, uma “multa moral”. O objetivo é orientar e conscientizar os condutores para a importância do respeito às vagas preferenciais.  “Também pretendemos alertar para a importância do respeito aos idosos no dia a dia do trânsito. Londrina apresenta altos índices de atropelamentos, especialmente de idosos”, diz Carlos Eduardo Ribeiro, coordenador de educação no trânsito da Companhia.

A campanha internacional Maio Amarelo foi idealizada no Brasil e está em seu quarto ano. O objetivo é chamar a atenção para o alto índice de mortos e feridos no trânsito em todo o mundo. O movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil, que coloca em pauta o tema segurança viária e mobiliza a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos.

Os condutores abordados pelos fiscais também receberão adesivos da “Maio Amarelo”, símbolo da campanha.

Curso de escrita e marketing de conteúdo  em São Paulo (SP) ensina storytelling
Publicado em Negócios

Especialista em marketing digital ensina no final de semana de 20 e 21 deste mês

 

São Paulo, 09 de maio de 2017 – Segundo pesquisa da agência eMarketer, 42% da população de 260 milhões da América Latina, acessam regularmente as redes sociais. O Brasil é o País com mais usuários, um total de 93,2 milhões até o final do ano passado. O DemandMetric ainda afirma que o marketing de conteúdo, produção de textos com o objetivo de venda para a internet, é 62%mais barato que o marketing tradicional, além disso, gera três vezes mais potenciais consumidores.

Nesse cenário, a escrita e o marketing de conteúdo se configuram como a chave para conquistar clientes no meio digital, o que depende de técnica e estratégia; ambos serão abordados nos cursos “Escrita para não Escritores”, que acontece no próximo dia 20 (sábado), e “Marketing de Conteúdo para as Mídias Digitais”, em 21 de maio (domingo), ambos das 9h às 18h, no espaço IBON, que fica nos Jardins, em São Paulo-SP.

O investimento em cada um dos cursos está em R$ 275 até 14/05 e a partir de 15/05 até o evento, o custo sobe para R$ 302,50. A inscrição nos dois a qualquer momento tem o valor promocional de R$ 400.

“Em tempo de redes sociais, quem escreve bem é rei”, afirma Eliana Loureiro, empreendedora à frente da agência digital Wonder Comunicação Estratégica, que ministra os cursos, que estão em sua segunda e terceira edição respectivamente. Importante dizer que as oficinas têm em comum alguns pontos como ensino de storytelling, principais técnicas para construção de um texto e conteúdo que engajam nas redes sociais. O curso de escrita prioriza o ensino de técnicas e dicas de gramática e ortografia, assim como formas de desenvolver um texto, enquanto o de marketing de conteúdo tem noções de planejamento estratégico e como pensar o texto para as redes sociais, inclusive criação de pautas para blog. Ambas oficinas contam com exercícios práticos e são entregues materiais para consulta posterior.

O público-alvo para o curso de escrita é aquele que desejar aprimorar seu know-how na elaboração de qualquer tipo de texto. Já o curso de marketing de conteúdo é focado em empreendedores e profissionais de comunicação que queiram aprender como construir conteúdo digital relevante e persuasivo, e que fortaleça o branding.

Para mais informações e inscrição nos cursos, basta acessar o site da Wonder Comunicação Estratégica, responsável pelos cursos, que tem divulgação da 7bi: www.wndr.com.br.

 

Sobre Eliana Loureiro

Docente da pós-graduação de Mídias Digitais do Senac e empreendedora à frente da agência digital Wonder Comunicação Estratégica há dois anos, com criação de materiais para propaganda, jornalismo e conteúdo para as mídias sociais, assim como assessoria de imprensa e planejamento estratégico.

Publicitária graduada em Propaganda e Marketing pelo Mackenzie, pós-graduada em Jornalismo no Senac e aluna especial do Mestrado em Comunicação da USP. Começou sua trajetória no Marketing de grandes empresas e logo se rendeu à redação publicitária. Escreveu para marcas como Banco Itaú (para quem desenvolveu o atual site), Disney e Samsung, e em seguida, migrou para o Marketing Político, onde coordenou a área digital. Depois foi head de redação publicitária da agência de Relações Públicas Edelman Significa. Atualmente, escreve para as revistas Gestão & Performance e Coaching em Revista da Literare Books (antiga Ser Mais), e mantém o projeto de entrevistas em vídeo Gente de São Paulo: www.facebook.com/gentedesaopaulo.

 

Sobre a Wonder Comunicação Estratégica

Fundada em 2015, a Wonder é uma agência digital especializada em serviços para empreendedores, profissionais liberais e pequenos negócios, pois ela também é uma estrutura pequena com grandes profissionais.

Serviços oferecidos pela Wonder são redação publicitária, jornalismo, roteiro, design, branding, assessoria de imprensa, criação de sites, mídias sociais e estratégia online, sendo que seu principal diferencial está na criação de conteúdo, que mescla técnicas digitais com jornalismo, redação publicitária e literatura, inclusive storytelling.

Os clientes atendidos estão o Instituto i9c, Tig, Konno Oftalmologia, entre outros. Saiba mais: www.wndr.com.br

 

Sobre a 7bi

Consultoria e acelerados de negócios e startups, que visa auxiliar pequenos e médios empresários, independente do segmento de atuação, na transformação de oportunidades em ganhos operacionais. Saiba mais: www.7bi.me

 

Assessoria de Imprensa

Wonder Comunicação Estratégica

Eliana Loureiro

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

(11) 99367-5877

autor do livro, Thiago Dantas
Publicado em Educação

E-book “Educação Matemática” já figura entre os mais vendidos do ramo nos sites de venda de livros digitais.

Os mais diversos indicadores, a exemplo do Portal Brasil, já identificaram a matemática como sendo a disciplina de maior dificuldade em compreensão por parte dos alunos brasileiros. Para pensar o modo de ensino da disciplina, o matemático alagoano Thiago Dantas lançou o livro “Educação Matemática”, que já figura entre os mais vendidos do ramo nas plataformas de vendas digitais.

O e-book de “Educação Matemática” está disponível para venda em sites como Saraiva, Google livros e Livraria Pública. A publicação, feita pela editora Abrindo Página, visa fornecer aos professores e educadores novos métodos e alternativas para o ensino da matemática. Para o autor, disponibilizar a obra nas mais diversas plataformas democratiza o acesso a este importante conteúdo.

“Atualmente as pessoas vivem conectadas e é importante disponibilizarmos conteúdo nas mais diversas formas. O e-book foi lançando nesta semana e já têm destaque nos sites de venda e isso é motivo de orgulho, não só pra mim, mas pra toda a comunidade acadêmica alagoana. É gratificante pode contribuir para o ensino dessa disciplina que é tão essencial a nossa educação”, conta Thiago.

O acesso por vias digitais também torna o produto mais acessível à população devido ao menor preço. Nas plataformas, o e-book custa apenas R$ 8,90. “O valor é outro diferencial. O e-book nos proporciona disponibilizar um produto de qualidade a preço reduzindo, alcançando um maior número de pessoas”, explica Dantas.

Curso "Assessoria de Imprensa - com Crise e Media Training" acontece de 9 a 23 de maio em São Paulo
Publicado em Educação

O Centro Universitário Belas Artes de São Paulo realiza entre os dias 9 e 23 de maio o curso ‘Assessoria de Imprensa – com Crise e Media Training’, ministrado pelo jornalista e professor Gilberto Lorenzon.

Voltado a profissionais e estudantes de jornalismo, relações públicas, marketing e interessados em comunicação corporativa e aperfeiçoamento curricular e profissional, o curso abordará o uso de ferramentas para lidar com as crises que afetam o dia a dia das agências de comunicação e corporações, incluindo o estudo de caso Airbus 320 da TAM (maior acidente da aviação brasileira) e Media Training. 

O curso ‘Assessoria de Imprensa - Com Crise e Media Training’ acontece entre os dias 9 e 23 de maio, sempre às terças e quintas-feiras, das 19h às 22h, no Centro Universitário Belas Artes (Rua Doutor Álvaro Alvim, 90, próximo ao Metrô Vila Mariana, São Paulo-SP). Informações sobre programa, inscrições e investimento estão disponíveis em www.belasartes.br/cursoslivres.

Gilberto Lorenzon é jornalista e acumula experiência como professor em instituições de ensino como Mackenzie, Metodista, Senac e Cásper Líbero. Foi assessor de imprensa da CET e CPTM, é atualmente coordenador de Media Training da agência Allameda.com (www.allameda.com) e autor, junto com Alberto Mawakdiye, do livro ‘Manual de Assessoria de Imprensa’ (Editora Mantiqueira).

Serviço
Curso Assessoria de Imprensa - com Crise e Media Training
Professor: Gilberto Lorenzon
Quando: 9, 11, 16, 18 e 23 de maio de 2017
Horário: 19h às 22h
Local: Centro Universitário Belas Artes
Endereço: Rua Dr. Álvaro Alvim, 90 (Metrô Vila Mariana) – São Paulo/SP
Conteúdo programático, valores e inscrições: www.belasartes.br/cursoslivres

Sindicato dos Jornalistas de São Paulo promove curso inédito no Brasil
Publicado em Educação

O Sindicato dos Jornalistas de São Paulo realiza em 29 de abril, das 9h às 16h, o curso ‘Comunicação d o Futuro: A Assessoria do Amanhã’. Dirigido a jornalistas e estudantes de comunicação, o curso é inédito no Brasil e será ministrado pelo jornalista e professor Gilberto Lorenzon no Auditório Vladimir Herzog. 

Dividido em três módulos (Mundo do Futuro, Empresas do Futuro e Assessoria do Futuro), o curso abordará o ‘admirável mundo tecnológico’ que se descortina diariamente à nossa frente, a ruptura com os atuais modelos ortodoxos e opressivos de comunicação corporativa e a tecnologia como propulsora de novos caminhos para assessorias de imprensa e profissionais da área. 

Prever o amanhã pode ser perturbador”, afirma Gilberto Lorenzon. “Mas o assessor, a exemplo de quem leva um casaco ao visitar um país de gélidas temperaturas, precisa planejar e estar preparado para o futuro - afinal, no contexto da comunicação corporativa, as assessorias de imprensa deverão sempre ocupar posição de destaque e de vanguarda para crescer, se aprimorar e gerar leads de negócios para seus clientes”.

“Comunicação do Futuro: A Assessoria do Amanhã” acontece em 29 de abril, das 9h às 16h, no Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (Auditório Vladimir Herzog - Rua Rego Freitas, 530 - próximo ao Metrô República). O curso será certificado pelo Sindicato dos Jornalistas de São Paulo. Informações sobre inscrição e investimento estão disponíveis em www.sjsp.org.br ou fone 11. 3217-6299.

O curso conta ainda com apoio da CPAJAI – Comissão Permanente e Aberta dos Jornalistas em Assessoria de Imprensa, que desde 1984 organiza oficinas e debates sobre esse segmento de trabalho do jornalista.

O jornalista Gilberto Lorenzon acumula experiência como professor nas instituições Cásper Líbero, Belas Artes, Metodista, Senac e Uninove. Foi assessor de imprensa da CET e CPTM, é atualmente coordenador de Media Training da agência Allameda.com (www.allameda.com) e autor, junto com Alberto Mawakdiye, do livro ‘Manual de Assessoria de Imprensa’ (Editora Mantiqueira).

Serviço
Curso Comunicação do Futuro: A Assessoria do Amanhã
Palestrante: Professor e jornalista Gilberto Lorenzon
Quando: 29 de abril de 2017
Horário: 9h à 16h
Local: Auditório Vladimir Herzog - Sindicato dos Jornalistas de São Paulo
Endereço: Rua Rego Freitas, 530 (Metrô República) - São Paulo/SP
Inscrições: (11) 3217-6299 ou e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.">Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Investimento,
condições e conteúdo programático: www.sjsp.org.br
Certificado: Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

As ferramentas para relatórios apresentam informações claras e acessíveis para simplificar, agilizar e fomentar a avaliação dos alunos

Lexington, KENTUCKY – 18 de abril de 2017 - A Lexmark International, Inc., líder global em tecnologias de impressão e imagem, anuncia hoje uma nova solução de educação para auxiliar os professores que atuam desde o jardim até o nível superior: o Lexmark Testing Assistant. 

O Lexmark Testing Assistant é uma solução, baseada em cloud, que permite aos professores importar diários de classe, criar folhas de respostas de testes, escanear e classificar as provas feitas pelos alunos, bem como exportar os resultados das provas para praticamente qualquer sistema de gerenciamento de aprendizado.

Esta solução da Lexmark é acessível de todos os browsers mais populares usados em PCs, Macs e tablets, bem como possibilita que os professores facilmente façam avaliações e enviem ícones digitalizados, usando um ícone de "classificação" em um Lexmark MFP

Ao usar a solução Lexmark Testing Assistant, os educadores podem imprimir seus próprios materiais de teste em papel comum e digitalizar as provas entregues pelos alunos, para somar os pontos automaticamente. Os resultados ficam disponíveis em minutos, juntamente com uma variedade de relatórios, que podem ser utilizados para uma análise precisa do desempenho dos alunos.

O Lexmark Testing Assistant está disponível nos distribuidores autorizados da Lexmark ou através do seu representante de vendas Lexmark

“Com o Lexmark Testing Assistant, as folhas de teste são impressas já com o nome e o número de identificação do aluno. Depois dos estudantes fazerem as provas, eu escaneio as folhas e as envio para a nuvem para que a solução Lexmark Testing Assistant faça as avaliações e gere os relatórios. O processo é muito rápido e economiza até uma hora na comparação com a realização manual das análises. Os relatórios me ajudam a ver onde os alunos estão e se estão com dificuldades em uma determinada área ou perderam um conceito. Com os relatórios em mãos, é muito mais fácil aferir quais devem ser os próximos passos”, afirma Chad Giannini, professor de Matemática da Macomb County, do Estado de Michigan.

Segundo Brock Saladin, vice-presidente sênior e diretor chefe de Receitas da Lexmark, a solução Lexmark Testing Assistant permite que os professores passem mais tempo com os estudantes e menos tempo sobrecarregados com papelada. "Por mais de 20 anos, a Lexmark tem ajudado as instituições de ensino a suprir as lacunas entre a impressão e a informação digital. Este novo software possibilita que professores e instrutores otimizem tempo e reduzam custos, garantindo maior apoio ao desenvolvimento do estudante", completa o executivo da Lexmark.

Sobre a Lexmark

Durante os últimos 25 anos, a Lexmark International, Inc. ofereceu ao mercado produtos de impressão e imagem inovadores, soluções de processos empresariais e serviços para clientes em mais de 170 países de todo o mundo. Cada um dos 13 mil funcionários da Lexmark é motivado a atender cada um dos clientes com total dedicação por meio da tecnologia líder da indústria e de serviços ao cliente de classe mundial. Em 2015, a Lexmark reportou mais de US$ 3.5 bilhões de novas licenças.

“Lexmark”, o logotipo Lexmark e “Open the possibilities” são marcas comerciais ou registradas da Lexmark International, Inc., registradas nos Estados Unidos e em outros países. Todas as outras marcas pertencem aos seus respectivos proprietários.

Para mais informações, visite www.lexmark.com.

Informações à imprensa

GPCOM Comunicação Corporativa

Clezia Martins (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

Fabio Aguiar (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)

Giovanna Picillo –  Fone: (11) 3129-5158 - Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

www.gpcom.com.br

Capa do livro
Publicado em Educação

por Thiago Tarelli

 

O livro "Educação Matemática" busca qualificar os professores para potencializar o domínio dos alunos em matemática

 

A matemática é uma das disciplinas que mais 'tiram o sono' dos estudantes. Segundo pesquisa recente do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), os alunos de ensino fundamental e médio enfrentam dificuldades em operações básicas como adição, subtração, multiplicação e divisão.

De acordo com o Portal Brasil, a disciplina está entre as mais difíceis no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acompanhada de outras ciências exatas como a química e a física. Muitas vezes o problema não está na disciplina ou no aluno, mas em como ela é ensinada.

Pensando nisso, o matemático alagoano Thiago Pereira Dantas lança o livro "Educação Matemática", pela editora Abrindo Página, que visa fornecer aos professores e educadores novos métodos e alternativas para o ensino da matemática.

"O livro foi construído através das minhas observações, estudos e especializações, principalmente durante as olimpíadas da disciplina, onde puder observar as dificuldades mais frequentes para os estudantes. Daí surgiu a ideia em proporcionar aos educadores formas mais didáticas e eficazes para o ensino da matemática", explica Thiago Dantas.

Ainda segundo Dantas, o livro abre o debate sobre uma nova perspectiva no ensino da matemática através da aplicação de métodos práticos e eficazes. "O alunos precisam perceber que a matemática está em seu cotidiano. Muitos se sentem distantes de alguns assuntos da disciplina, alegando não ter utilidade prática. É preciso mostrar ao aluno que a matemática está na economia, na administração, na engenharia, nas mais diversas áreas", explica.

Inovação e contextualização seriam essenciais para o ensino da disciplina, segundo o matemático. "O ensino da matemática pode ser prazeroso, atrativo e instigante. Só é preciso mostrar aos alunos, das mais diversas fases da vida escolar, que não se pode ficar preso a um sistema desatualizado de ensino e aprendizado, mas reinventar os métodos e fazer uso das tecnologias para tornar a disciplina mais próximas de todos", ressalta Thiago Dantas.

Semana da Língua Alemã
Publicado em Educação

Semana da Língua Alemã 2017 promove a diversidade e integração cultural

●mais de 400 eventos em todo o país na segunda edição da semana

●o idioma alemão abre portas para o mercado de trabalho no Brasil e na Europa

● o alemão é a língua mais falada na Europa

● 135 mil brasileiros já estão aprendendo o idioma

 

Estudar a língua alemã abre portas para o mundo e ajuda a entender melhor a cultura de outros países. É essa a motivação que levou as embaixadas da Alemanha, Áustria, Bélgica, Luxemburgo e Suíça - em cooperação com seus consulados e parceiros culturais no Brasil, a realizarem a segunda edição da Semana da Língua Alemã, com mais de 400 eventos em todo o Brasil, 116 no estado de São Paulo, de 31 de março a 8 de abril.

A Semana da Língua Alemã 2017 reunirá atividades culturais e educacionais para a população de todo o país, de todas as idades. Nas principais capitais e cidades brasileiras serão apresentadas mais de 400 atividades - 112 eventos educacionais, 85 mostras de cinema, 46 exposições, 51 shows, 44 palestras, 31 eventos gastronômicos, 25 literários, 13 peças de teatro, 9 recepções comemorativas e 8 eventos de dança. O objetivo é oferecer ao público a oportunidade de conhecer a importância, benefício e a diversidade do idioma alemão de forma prática e acessível.

Para o cônsul-geral da República Federal da Alemanha em São Paulo, Axel Zeidler, a segunda edição da Semana da Língua Alemã é uma iniciativa importante para promover o ensino da língua em todo o Brasil e levar ao conhecimento dos brasileiros como, onde e de que forma ele pode se beneficiar com o aprendizado desse idioma. “Além de ser uma ferramenta única para conhecer mais de perto a cultura dos países que falam alemão, incluindo a própria Alemanha, aprender a língua possibilitará aos brasileiros ingressar em colégios e universidades que adotam o idioma e trabalhar em países europeus e corporações internacionais”, afirma Axel Zeidler.

O estado de São Paulo, capital, Campinas, Sorocaba e Valinhos serão palco do maior número de eventos da semana, cerca de 116. Alguns destaques da programação em São Paulo são: Língua Alemã da FFLCH – USP”; as palestras “a Importância da Língua Alemã no Mercado de Trabalho” e “Viajando pelo Mundo: Alemanha, Áustria, Suíça e Luxemburgo”; “O nó da tradução em Filosofia: até onde se pode ser literal?”; a exposição “200 anos de expedição de Spix e Martius ao Brasil”, comitiva científica que chegou ao país por ocasião do casamento da princesa austríaca Maria Leopoldina com Dom Pedro I; a exibição dos filmes “Almanya”, “Abschied. BrechtsletzterSommer”, “Der ganzgroßeTraum” e dos documentários “Pina”, de Win Wenders, sobre a vida e obra da dançarina e coreógrafa alemã Pina Busch e “Die Widerständigen. Zeugen der Weißen Rose”, sobre a resistência contra o regime nazista; e há na programação ainda aulas abertas de alemão, exposições, dança, teatro, cinema; educacionais e gastronômicas.  

Por que aprender alemão? – Um dos objetivos da Semana da Língua Alemã é despertar o interesse dos brasileiros no idioma. O alemão é a língua mais falada na Europa. Sendo assim, o evento pretende tornar o idioma, que facilita o acesso à cultura, tecnologia, ciência e inovação europeia, mais conhecido e popular para os brasileiros.

A cada ano mais pessoas se interessam em aprender o alemão. O domínio dessa língua é uma grande vantagem no mercado de trabalho. Outro objetivo da Semana da Língua Alemã é mostrar que aprender alemão é mais fácil do que muitas pessoas imaginam. Hoje, 135 mil brasileiros já estão aprendendo.

O idioma também é importante nas ciências. Saber alemão torna muitas obras literárias e filosóficas mais acessíveis como Goethe, Schiller, Thomas Mann, Max Frisch, Immanuel Kant, Hegel ou Sigmund Freud.

Serviço:

Semana da Língua Alemã 2017

Data: De 31 de março a 8 de abril

Programação por região: www.semanadalinguaalema.com.br

Onde:

São Paulo (FFLCH/USP, Instituto Goethe, Instituto Martius Staden, Colégio Visconde de Porto Seguro, Colégio Vértice, Casa Guilherme de Almeida)

Campinas (Kreativ Instituo de Língua e Cultura Brasil Alemanha, Colégio Rio Branco, Centro de Ensino de Línguas (CEL/Unicamp)

Sorocaba (Colégio Veritas – Unidade Jardim São Paulo, Unidade Santana)

Valinhos (Kreativ – Instituto de língua e cultura Brasil Alemanha, Colégio Visconde de Porto Seguro Valinhos)

 

Assessoria de imprensa:

RDiniz Comunicação

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

55 11 98572-4041

A Keyrus do Brasil, uma protagonista internacional nos campos de Inteligência de Dados, Digital, e Consultoria no Gerenciamento e Transformação de Empresas, participa da “15º GEduc - Transformando a Gestão - Inspiração para Mudanças, Insights para Soluções”, de hoje até sexta-feira (31), em São Paulo.  Keyrus Big Data Education é uma solução para a área de educação, através do uso de big data e de software de análise de dados. No evento, a empresa apresentará dois cases de sucesso com esta solução, um da Kroton e outro da Cruzeiro do Sul.

A Kroton, maior empresa de educação privada do país com 1.5 milhão de estudantes em 127 campi e 726 pólos divididos entre 11 marcas educacionais que estão distribuídas em todo o país, precisava de uma solução para centralizar e analisar os dados demográficos, dados internos das unidades e de todos os concorrentes em todas as cidades do Brasil que tivessem instituições de ensino superior. Com as soluções da Keyrus, hoje a Kroton pode estudar a situação e o potencial de cada cidade no país, antes de ofertar novos cursos e abrir novas unidades e polos.

Já a Cruzeiro do Sul Educacional implantou um sistema de BI. A gerência de controladoria gastava muito tempo no fechamento de relatórios mensais, sujeitos a erros por serem feitos manualmente. Através das soluções da Keyrus, a instituição com 12 unidades de ensino superior em São Paulo disseminou a cultura da informação e conhecimento para a tomada de decisões estratégicas, táticas e operacionais. Hoje a área de controladoria tem as informações de uma maneira muito rápida para análise de vários cenários e tem tempo para tomada de decisões rápidas.


Soluções Keyrus

A Keyrus Big Data Education atua em várias áreas como marketing, planejamento e o administrativo das instituições de ensino. É possível através de análise de algoritmos identificar alunos em potencial e os cursos mais procurados por ele, em áreas específicas, além de otimizar o investimento da escola para atração e retenção de alunos, através de análise de ticket e localização geográfica, análise dos preços da concorrência; o market share de todas as cidades do Brasil e análise de portfólio da concorrência. A plataforma ajuda na captação e alcance das metas da instituição.

Outra análise com as soluções da Keyrus é apresentar para a instituição se é viável abrir uma nova unidade, baseado em informações como o desenvolvimento populacional e industrial de determinada região. Através das ferramentas da Keyrus é possível apresentar uma expectativa de turma de formandos para os anos seguintes e o investimento necessário. A Keyrus ajuda a desenvolver um plano curricular baseado na precificação dos concorrentes ano a ano; melhores notas dos cursos das instituições (usando como referência o Enade), gerenciamento de oferta de cursos pelas unidades de ensino e situação regulatória dos cursos pelo MEC.

Já a área administrativa pode se tornar mais analítica com a ajuda da Keyrus, pois ajuda a colher e analisar informações como quantidade de alunos atuais, ciclo de vida dos estudantes, distribuição; motivos de evasão, ticket de aluno – valor que ele paga – descontos e impostos; margem; inadimplência e desempenho de escritório de cobrança, entre outros.

“A Keyrus ajuda a planejar, implementar a estrutura, processos e ferramentas de projetos de grande ou pequeno porte, sempre sob medida para necessidade de cada negócio. Nossa abordagem é fortemente orientada a resultados, tendo como referência os diversos cases já realizados na área de educação e as boas práticas de mercado”, analisa o CEO da Keyrus do Brasil, Javier Riera.

Metodologia mescla o ensino tradicional com recursos tecnológicos; ideia é despertar o interesse do aluno no tema debatido em sala de aula

Puff, computador, videogame e televisão. Parece a descrição de um quarto de um adolescente ou de uma sala de estar, mas são os itens do mais novo espaço do Colégio Franciscano Sagrada Família, a sala de ensino híbrido. A ideia do colégio, localizado no bairro Caiçara, é adaptar o ensino aos tempos atuais e aliar a tecnologia ao ensino tradicional, principal proposta do Ensino Híbrido. “A intenção dessa metodologia é aproximar a sala de aula do ambiente ao qual o aluno está familiarizado. É promover a motivação do aluno em aprender de uma maneira diferente. Utilizando uma linguagem que ele domina, a tecnologia”, destaca Ubiratan Nunes, Coordenador Pedagógico da instituição.

O conceito do Ensino Híbrido é promover o uso da tecnologia com as ferramentas tradicionais do ensino. É uma mescla do ensino online com o ensino presencial, onde o aluno é dono do seu próprio aprendizado. “É trabalhar a personalização do ensino e da aprendizagem. Nem todo mundo aprende da mesma forma, por isso é essencial investir em novos métodos de ensino e usar os recursos tecnológicos em prol da educação. De maneira que o aluno compreenda e assimile o tema que está em debate”, diz Ubiratan.

Um dos diferenciais do Ensino Híbrido é que ele estimula ainda mais a interatividade entre educadores e estudantes e permite que os alunos aprendam em tempos e locais variados. “Não há uma forma única de aprender. A aprendizagem é um processo contínuo. E, por isso, precisamos descentralizar os métodos de ensino e apostar em coisas novas”, ressalta o Coordenador do Colégio Franciscano Sagrada Família. A proposta da instituição é usar o novo espaço para as aulas interdisciplinares e também oficinas de cinema, teatro, meditação, palestras e debates, onde os alunos podem sugerir temas para trabalharem com os professores na Sala de Ensino Híbrido.

O modelo do Ensino Híbrido propõe a mescla de dois modos de aprendizagem, o online e o off-line. No online, é o período em que o aluno estuda sozinho com o auxílio dos recursos tecnológicos. Já no off-line, é o momento em que o estudante desenvolve trabalhos em grupo com os professores e demais colegas da turma, valorizando o aprendizado coletivo e colaborativo. Na Sala de Ensino Híbrido do Colégio Franciscano Sagrada Família serão trabalhos em conjunto os dois métodos de forma complementar e simultânea, desenvolvendo e estimulando o pensamento crítico dos alunos.

Uma das primeiras atividades desenvolvidas com os estudantes foi a aula de criação, para escolher o nome da sala de estudos híbridos. Hoje, o espaço é conhecido no colégio como “Sala Verde”, uma referência a decoração do local. Após participarem a aula, os estudantes ainda estão definindo o nome do novo espaço de estudos.