Publicado em Educação

Matemático alagoano lança livro com novas formas de ensino e aprendizagem da disciplina

por em06 Abril 2017 130 acessos
  • .
Report ThisConteúdo Inadequado? Avise-nos

Capa do livro Capa do livro

por Thiago Tarelli

 

O livro "Educação Matemática" busca qualificar os professores para potencializar o domínio dos alunos em matemática

 

A matemática é uma das disciplinas que mais 'tiram o sono' dos estudantes. Segundo pesquisa recente do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), os alunos de ensino fundamental e médio enfrentam dificuldades em operações básicas como adição, subtração, multiplicação e divisão.

De acordo com o Portal Brasil, a disciplina está entre as mais difíceis no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acompanhada de outras ciências exatas como a química e a física. Muitas vezes o problema não está na disciplina ou no aluno, mas em como ela é ensinada.

Pensando nisso, o matemático alagoano Thiago Pereira Dantas lança o livro "Educação Matemática", pela editora Abrindo Página, que visa fornecer aos professores e educadores novos métodos e alternativas para o ensino da matemática.

"O livro foi construído através das minhas observações, estudos e especializações, principalmente durante as olimpíadas da disciplina, onde puder observar as dificuldades mais frequentes para os estudantes. Daí surgiu a ideia em proporcionar aos educadores formas mais didáticas e eficazes para o ensino da matemática", explica Thiago Dantas.

Ainda segundo Dantas, o livro abre o debate sobre uma nova perspectiva no ensino da matemática através da aplicação de métodos práticos e eficazes. "O alunos precisam perceber que a matemática está em seu cotidiano. Muitos se sentem distantes de alguns assuntos da disciplina, alegando não ter utilidade prática. É preciso mostrar ao aluno que a matemática está na economia, na administração, na engenharia, nas mais diversas áreas", explica.

Inovação e contextualização seriam essenciais para o ensino da disciplina, segundo o matemático. "O ensino da matemática pode ser prazeroso, atrativo e instigante. Só é preciso mostrar aos alunos, das mais diversas fases da vida escolar, que não se pode ficar preso a um sistema desatualizado de ensino e aprendizado, mas reinventar os métodos e fazer uso das tecnologias para tornar a disciplina mais próximas de todos", ressalta Thiago Dantas.

Última modificação em 06 Abril 2017