Publicado em Meio Ambiente

Edifício Pátio Victor Malzoni doa 1,5 tonelada de adubo ao Museu da Casa Brasileira

por em18 Abril 2017 31 acessos
  • .
Report ThisConteúdo Inadequado? Avise-nos

O Edifício Pátio Victor Malzoni – um dos ícones da arquitetura paulistana, projetado pelo escritório Botti Rubin na Avenida Faria Lima – fechou parceria com o Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, para doação de 1,5 tonelada de adubo produzida pelo próprio prédio. Ao longo de todo o ano, serão feitas entregas semanais de cerca de 200 kg à instituição.

 

A produção de adubo faz parte do programa EcoMalzoni de gerenciamento de resíduos, implantado no edifício em 2015, com o objetivo de diminuir desperdícios e aumentar a conscientização e o envolvimento dos usuários para a questão da reciclagem. 

“Desde que desenvolvemos uma gestão eficiente de resíduos, os resultados são excelentes. Durante o ano passado, produzimos 59 toneladas de adubo, que utilizamos em nosso jardim e em nossa horta subterrânea, além de doações para outras hortas comunitárias da capital e aos próprios usuários do edifício”, explica Flávio Engel, gerente de operações prediais da CBRE – administradora do condomínio. “Agora, surgiu a possibilidade de parcerias com instituições públicas e históricas da cidade, aproveitando, assim, o excedente da nossa produção.” 

O adubo começou a ser usado pelo MCB em sua horta, que tem exemplares de batata doce, inhame, mandioca, gengibre, pimenta, salsinha e outros vegetais e hortaliças. Após os resultados expressivos, o jardim, um patrimônio de 6 mil m² tombado pelo Condephaat, começa a receber em março o adubo para sua operação de manutenção, que envolve replantio de grama.

“Por se tratar de uma área verde tombada, a preservação do jardim está entre as prioridades da gestão do Museu. Esta parceria com o Pátio Victor Malzoni alia nossa necessidade de manter a saúde da vegetação com a oportunidade de adotarmos uma medida sustentável, praticando a reutilização de resíduo orgânico, reciclagem de nutrientes e diminuição de descarte no meio ambiente”, afirma Miriam Lerner, diretora geral do Museu da Casa Brasileira. 

“O melhor desta ação é que todos saem ganhando: o prédio, quem vai receber o insumo, o meio ambiente e o planeta”, complementa Flávio Engel. 

Sobre o Edifício Pátio Victor Malzoni

Localizado na Avenida Brigadeiro Faria Lima, n° 3.477,  é um dos marcos da arquitetura da cidade de São Paulo. É um edifício verde que alia o que há de mais moderno em tecnologia e sustentabilidade com preservação do patrimônio histórico.  Suas duas torres se conectam por um pórtico gigante de 30 metros de altura por 45 metros de largura que servem de moldura para uma Casa Bandeirista do século XVIII. Com 20 andares e seis subsolos, o edifício Pátio Victor Malzoni é o prédio com a maior laje corporativa na cidade, 5 mil metros quadrados. Em março, recebeu menção honrosa na categoria Micro e Pequenas Empresas no 11º Prêmio Fiesp de Conservação e Reuso de Água pelo Projeto EcoMalzoni: Estação de tratamento de água / sistema de reuso. 

Sobre o MCB

O Museu da Casa Brasileira (MCB), instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação contempla exposições temporárias e de longa duração, além de uma agenda com debates, palestras e publicações que contribuem na formação de um pensamento crítico em temas diversos como urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre as inúmeras iniciativas do MCB, destacam-se o Prêmio Design MCB, principal reconhecimento do segmento no país, realizado desde 1986, e o projeto Casas do Brasil, cujo objetivo é resgatar e preservar a memória sobre a diversidade do morar do brasileiro. 

Informações para imprensa – Pátio Victor Malzoni
Tree Comunicação
Isabel Lopes - (11) 3093-3636 | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Mariana Santos - (11) 3093-3632 | Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Informações para a imprensa – Museu da Casa Brasileira
Luciana Tamaki – (11) 3026.3910 |
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Bruno Dória – (11) 3026.3900 |
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

Informações para a imprensa – Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo
Gisele Turteltaub – (11) 3339.8162 |
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Viviane Ferreira – (11) 3339.8243 |
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

A produção de adubo faz parte do programa EcoMalzoni de gerenciamento de resíduos, implantado no edifício em 2015, com o objetivo de diminuir desperdícios e aumentar a conscientização e o envolvimento dos usuários para a questão da reciclagem.

 

“Desde que desenvolvemos uma gestão eficiente de resíduos, os resultados são excelentes. Durante o ano passado, produzimos 59 toneladas de adubo, que utilizamos em nosso jardim e em nossa horta subterrânea, além de doações para outras hortas comunitárias da capital e aos próprios usuários do edifício”, explica Flávio Engel, gerente de operações prediais da CBRE – administradora do condomínio. “Agora, surgiu a possibilidade de parcerias com instituições públicas e históricas da cidade, aproveitando, assim, o excedente da nossa produção.”

 

O adubo começou a ser usado pelo MCB em sua horta, que tem exemplares de batata doce, inhame, mandioca, gengibre, pimenta, salsinha e outros vegetais e hortaliças. Após os resultados expressivos, o jardim, um patrimônio de 6 mil m² tombado pelo Condephaat, começa a receber em março o adubo para sua operação de manutenção, que envolve replantio de grama.

 

“Por se tratar de uma área verde tombada, a preservação do jardim está entre as prioridades da gestão do Museu. Esta parceria com o Pátio Victor Malzoni alia nossa necessidade de manter a saúde da vegetação com a oportunidade de adotarmos uma medida sustentável, praticando a reutilização de resíduo orgânico, reciclagem de nutrientes e diminuição de descarte no meio ambiente”, afirma Miriam Lerner, diretora geral do Museu da Casa Brasileira.

 

“O melhor desta ação é que todos saem ganhando: o prédio, quem vai receber o insumo, o meio ambiente e o planeta”, complementa Flávio Engel.

 

 

Sobre o Edifício Pátio Victor Malzoni

Localizado na Avenida Brigadeiro Faria Lima, n° 3.477,  é um dos marcos da arquitetura da cidade de São Paulo. É um edifício verde que alia o que há de mais moderno em tecnologia e sustentabilidade com preservação do patrimônio histórico.  Suas duas torres se conectam por um pórtico gigante de 30 metros de altura por 45 metros de largura que servem de moldura para uma Casa Bandeirista do século XVIII. Com 20 andares e seis subsolos, o edifício Pátio Victor Malzoni é o prédio com a maior laje corporativa na cidade, 5 mil metros quadrados. Em março, recebeu menção honrosa na categoria Micro e Pequenas Empresas no 11º Prêmio Fiesp de Conservação e Reuso de Água pelo Projeto EcoMalzoni: Estação de tratamento de água / sistema de reuso.

 

Sobre o MCB

O Museu da Casa Brasileira (MCB), instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, dedica-se à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação contempla exposições temporárias e de longa duração, além de uma agenda com debates, palestras e publicações que contribuem na formação de um pensamento crítico em temas diversos como urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre as inúmeras iniciativas do MCB, destacam-se o Prêmio Design MCB, principal reconhecimento do segmento no país, realizado desde 1986, e o projeto Casas do Brasil, cujo objetivo é resgatar e preservar a memória sobre a diversidade do morar do brasileiro.

 

Informações para imprensa – Pátio Victor Malzoni
Tree Comunicação
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
(11) 3093-363

Informações para a imprensa – Museu da Casa Brasileira
Luciana Tamaki – (11) 3026.3910 |
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Bruno Dória – (11) 3026.3900 |
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Informações para a imprensa – Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo
Gisele Turteltaub – (11) 3339.8162 |
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Viviane Ferreira – (11) 3339.8243 |
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.