Publicado em Negócios

Reaquecimento do mercado imobiliário reflete em oportunidades de investimentos

por em14 Novembro 2017 23 acessos
  • .
Report ThisConteúdo Inadequado? Avise-nos

A RE/MAX, maior franquia imobiliária do mundo, destaca que comprar imóveis ainda é uma alternativa segura e promissora de investimento, porém, é preciso entender o mercado e ir além do obvio A RE/MAX, maior franquia imobiliária do mundo, destaca que comprar imóveis ainda é uma alternativa segura e promissora de investimento, porém, é preciso entender o mercado e ir além do obvio

Há pouco mais de 1 mês para finalizar o ano de 2017, a economia brasileira dá sinais de recuperação; a inflação caiu e alguns setores, como os de imóveis, parecem estar ganhando fôlego. Ainda assim, quando termina o mês e a planilha de receitas e despesas fecha no azul, a grande dúvida que surge é: qual é a melhor maneira de começar a investir o dinheiro excedente?

Não tem como negar que a crise econômica vivida pelo país nos últimos anos, trouxe aos brasileiros um enorme sentimento de incertezas e inseguranças, que afetou diretamente o consumo da população geral.  Com o mercado imobiliário ainda em recuperação, tem sido bastante comum ver as pessoas optando por adiar a compra de seu imóvel e poupar seus recursos para investir em um momento mais favorável e de maior segurança econômica. Porém, o que muita gente não sabe é que, tempos de crise também podem trazer ótimas oportunidades de negócios.

Pedro Pote, diretor da Máster Regional RE/MAX MG e especialista em mercado imobiliário, afirma que, apesar do cenário atual ruim para a economia, a aplicação em bens imobiliários continua sendo uma das opções mais seguras e atrativas de investimento. Para o executivo, o mercado imobiliário é muito visado na hora de fazer novas aquisições, e as perspectiva de crescimento do setor para os próximos anos tornam as vantagens dessas compras, ainda maiores.

“Para entender mais sobre o assunto não tem mistério, basta analisar uma equação muito simples de investimento, que nada mais é que uma análise do risco, da rentabilidade e da liquidez. Por exemplo, as formas mais conservadoras para investir hoje, além de imóveis são: poupança, ouro e ações na Bolsa de Valores. Porém, quando colocado na ponta da caneta, nenhuma delas supera a segurança e valorização que um comprador tem ao investir em imóveis, sem riscos”, afirma Pedro Pote.

O setor que voltou a crescer no segundo semestre deste ano estima a consolidação de uma retomada em 2018, e a queda de preços dos imóveis está sendo apontada como o principal motivo do crescimento.  Na avaliação do diretor da RE/MAX MG, os consumidores estão aproveitando o momento de preços mais baixos para comprar. “É muito legal ver que algumas pessoas, apesar de não entenderem direito a oportunidade, estão sentindo-se atraídos pelo preço e pelas possibilidades de valorização para investir. O mercado imobiliário funciona assim mesmo, enquanto uns procuram por investimento, outros buscam por locação de moradia; e assim uma demanda supre a outra. Por isso é bom ver que o preço está sendo o estimulo que faltava para a coragem do investimento, pois acredito essa cadeia seja a solução de recuperação da nossa economia”, afirma Pedro Pote.

O diretor da RE/MAX explica ainda que para um melhor aproveitamento do mercado e valorização do dinheiro investido, a pessoa deve ir além do obvio e atentar-se à pontos importantes como: procurar um consultor imobiliário de confiança que ajude a identificar as boas oportunidades, pesquisar o máximo de informações possíveis e conhecer cada um dos diversos nichos de negócios para fazer a escolha certa, e não restringir apenas à região que mora ou àquela que mais gosta, pois certamente existirão excelentes oportunidades em outras regiões da cidade, e a localização é um dos principais pontos de um imóvel favoráveis à possibilidade de valorização.

Grupo Balo

Grupo Balo ainda não definiu sua briografia

Website.: www.grupobalo.com