Publicado em ONGs

Pontes de Amor realiza encontro mensal de setembro

por em11 Setembro 2017 92 acessos
  • .
Report ThisConteúdo Inadequado? Avise-nos

Pontes de Amor realiza encontro mensal de setembro Por prostooleh/Freepik

O tema “Adoção e as novas formas de ser família” será abordado no evento

No dia 13 de setembro será realizado mais uma edição do Encontro Mensal da Pontes de Amor, que abordará o tema “Adoção e as novas formas de ser família”. O primeiro grupo de apoio à adoção legal de Uberlândia, neste dia, irá esclarecer dúvidas sobre a convivência familiar e as configurações formadas por recasamentos, uniões homoafetivas, monoparentais, paternidade ou maternidade socioafetivas e adotivas.

De acordo com o grupo, todas essas formas de família convivem com o modelo tradicional familiar e ambas são relações adotivas que provoca a flexibilidade e a criatividade de seus integrantes frente aos desafios.

Recasamentos

Depois do desgaste de um divórcio é natural que homens e mulheres busquem um novo relacionamento. A necessidade de afeto e partilha é um impulso no ser humano, assim como o desejo de reconstruir uma família.

Maternidade ou paternidade socioafetivas

A família socioafetiva tem o afeto como valor jurídico, ampliando-se o conceito de paternidade e maternidade, sendo considerado como relação de parentesco também o vínculo psicológico e afetivo, os quais prevalecem sobre a filiação biológica e legal.

Uniões homoafetivas

Os casais homossexuais têm os mesmos direitos e deveres que a legislação brasileira já estabelece para os casais heterossexuais. A decisão estabelecida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), com a permissão do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo determina que os casais homossexuais sejam tratados como um novo tipo de família, podendo inclusive, adotar.

Família monoparental

A família monoparental ocorre quando apenas um dos pais da criança arca com as responsabilidades. A forma foi reconhecida pela Constituição Federal em seu artigo de número 226, s 4º. Utilizando-se dessa terminologia para deixar explícito que é formada por apenas a mãe ou o pai e seus descendentes, ou seja, terá somente a presença de um genitor que será responsável pelo sustento, educação e criação dos filhos.

Família Adotiva

A adoção constitui um vínculo denominado como parentesco civil ou família substituta. Comumente não existe vínculo genético, exceto quando a adoção se dá pelos próprios parentes colaterais a partir do terceiro grau. Embora, seja uma família formada através de um instituto jurídico, o afeto é o elemento primordial que liga os componentes desta estrutura familiar gerando a dedicação de uma pessoa para com a outra através do amor e do cumprimento dos deveres de pai e mãe voluntariamente.

A favor do direito que toda criança e adolescente tem de viver em uma família que cuida, nutre e protege, a Pontes de Amor contribui com todas as famílias, visando ser suporte e apoio frente aos desafios que enfrentam na atualidade: construir vínculos afetivos, redefinir papéis, estabelecer autoridade, limites e regras fazem parte deste novo aprendizado vivido por aqueles que se lançam  na maternidade ou na paternidade adotivas.  A Pontes de Amor também coopera na preparação para adoção e se disponibiliza a acompanhar todas as famílias no pós-adoção, visando o melhor interesse da criança; cooperando para que cada família possa ser a melhor família que consegue ser.

Serviços:
Encontro Mensal Pontes de Amor
Data: 13 de setembro
Horário: 19h30
Local: Avenida Fernando Vilela, 2004 - Osvaldo Rezende
Entrada: Gratuita
* É necessário levar quitanda para lanche comunitário 

Serifa Comunicação

Serifa Comunicação has not set their biography yet

Website.: serifacomunicacao.com.br