Publicado em Saúde

Problema na cartilagem do joelho atinge crianças e adolescentes

por em07 Agosto 2017 137 acessos
  • .
Report ThisConteúdo Inadequado? Avise-nos

A osteocondrite é uma patologia pouco conhecida e de nome complicado, que acomete a cartilagem, responsável por auxiliar a formação dos ossos. É mais frequente durante a infância e a adolescência, quando ocorre a consolidação do sistema esquelético. Seu tipo mais comum, a Doença de Osgood-Schlatter, pode levar ao desenvolvimento de uma protuberância óssea na parte da frente do joelho, mais especificamente no tendão patelar.

Segundo o ortopedista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Agnaldo de Oliveira Jr., quando a cartilagem é lesionada, por traumas ou outros fatores, pode-se desenvolver a osseocondrite dissecante, que é a soltura de parte da cartilagem de uma articulação, mais comum no joelho e tornozelo.  

O médico salienta que os sintomas são indefinidos e variam entre dor, que intensifica com a prática de atividade física; edema; vermelhidão e bloqueio articular (joelho ‘travado’). Por isso, em caso desses sintomas a avaliação medica é importante, além da realização de raio-x, tomografia computadorizada e ressonância magnética, para identificar a lesão e sua extensão.

Com relação ao tratamento, o ortopedista é enfático ao dizer que na maioria dos casos a alternativa é a cirurgia. “Fazemos uma perfuração na cartilagem até atingir o osso para prendê-lo novamente no lugar. Outra opção, também cirúrgica, é a retirada da cartilagem comprometida e substituição por outra saudável e do próprio paciente.”

Agnaldo de Oliveira Jr. ressalta que a importância de não realizar atividade física, principalmente os esportes de impacto, até que seja comprovada a integração da cartilagem no osso. “Mesmo após a ‘colagem’, esse paciente não poderá realizar atividades com impacto, como corridas. Uma excelente opção, até para o fortalecimento desse tecido, é a natação”, sugere o ortopedista.

O especialista reforça ainda que, quando não tratada corretamente, a lesão pode causar alterações precoces nas articulações e contribuir para um processo de desgaste degenerativo das cartilagens.

COMPLEXO HOSPITALAR EDMUNDO VASCONCELOS

Localizado ao lado do Parque do Ibirapuera, em São Paulo, o Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos atua em mais de 50 especialidades e conta com cerca de 1.400 médicos. Realiza aproximadamente 12 mil procedimentos cirúrgicos, 13 mil internações, 230 mil consultas ambulatoriais, 145 mil atendimentos de Pronto-Socorro e 1,45 milhão de exames por ano. Dentre os selos e certificações obtidos pela instituição, destaca-se a Acreditação Hospitalar Nível 3 - Excelência em Gestão, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e o Prêmio Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil, conquistado pelo sexto ano consecutivo em 2016.

Rua Borges Lagoa, 1.450 - Vila Clementino, Zona Sul de São Paulo. 
Tel. (11) 5080-4000

Site: www.hpev.com.br
Facebook: 
www.facebook.com/ComplexoHospitalarEV
Twitter: 
www.twitter.com/Hospital_EV
YouTube: 
www.youtube.com/user/HospitalEV
________________________________ 
Informações para a imprensa:
TREE COMUNICAÇÃO
(11) 3093-3604 / 3093-3636
Isabel Lopes – 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Rhayssa Nascimento – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.