Publicado em Tecnologia

Desenvolvido por uma startup brasileira, novo biorepelente protege até 60 dias contra Aedes e febre amarela

por em30 Março 2017 153 acessos
  • .
Report ThisConteúdo Inadequado? Avise-nos

Uma startup brasileira de alta tecnologia acaba de desenvolver uma solução inovadora a nível mundial para proteção contra o mosquito da dengue e transmissores do zika e chikungunya, entre vários outros insetos. O Protec da Aya Tech, um biorepelente aerossol que protege até 60 dias contra o Aedes aegypti, é inovador em todos os sentidos: além do longo período de proteção, ele é feito a partir de compostos naturais extraídos de uma flor e seu solvente é à base de água, isto é, não agride seres humanos. Mas o mais bacana é que o Protec é aplicado sobre a roupa, e não a pele, e permanece no tecido mesmo após mais de 15 lavagens.

O desenvolvimento do Protec foi feito ao longo de anos de pesquisas pela engenheira química Fernanda Checchinato, CEO da Aya Tech. Doutora em Ciência e Engenharia de Materiais pela Universidade Federal de Santa Catarina e por Lyon, na França, onde trabalhou no laboratório CNRS, de onde já saíram 3 ganhadores do Nobel, Fernanda usou seu conhecimento em pesquisas, desenvolvidas ainda na JICA do Japão, para sintetizar a base de um biorepelente sem similares no mundo.

Segundo a executiva, o conceito é inovador e a proteção se dá por efeito “knock down”. Ou seja: o inseto pousa ou passa pela superfície aplicada, absorve o produto e entra em estado de paralisia e morte. Além de roupas, o Protec pode ser borrifado diretamente em superfícies como sofás, cortinas, tapetes, carpetes, tiaras de cabelo e até coleiras de animais, além de pisos, azulejos e vasos de plantas. “A duração comprovada em testes laboratoriais exaustivos é de dois meses”, diz Fernanda, “ou, no caso de roupas, até 20 lavagens caseiras.”

É uma flor
Outra grande sacada é a formulação do Protec, à base de permetrina e água. A permetrina, princípio ativo do Protec, é retirado de uma flor que qualquer um conhece – o crisântemo. “É um produto totalmente inofensivo para humanos, pets e meio ambiente”, conta a cientista. “Fruto de muito trabalho de pesquisa e desenvolvimento com nanotecnologias, é uma solução única no mundo e 100% brasileira.”

Baratas também
Segundo Fernanda, além de proteger contra transmissores da dengue, zica virus e chikungunya, o Protec é eficaz contra ácaros, traça, formiga, barata, pulgas, carrapatos, muriçocas, borrachudos, pernilongos, moscas e outros insetos, inclusive os transmissores de doenças como leishmaniose e Síndrome de Guillain-Barré.

Pontos de venda
Inodoro e de fácil aplicação, o Protec pode ser encontrado em redes de farmácias, mercados e lojas como a Decathlon, além do site da Aya Tech.

Para residências, escritórios, veículos, materiais pets e criadouros, o biorepelente é oferecido em aerossois de 50 e 150 ml, com preços sugeridos de R$ 60 e R$ 95, respectivamente.  

Já para lavanderias, clínicas, hospitais, haras, galpões e indústrias nos segmentos Hospitalar, Agronegócio, Construção, Cosmética & Fragrância, Energia, Higiene, Hotelaria e Têxtil, entre outros, o ideal são as bombonas de 5, 10, 50 e 100 litros. Cada litro de Protec trata 25 quilos de roupas, superfícies ou tecidos e pode ser diluído em 10 litros de água. O preço sugerido de venda é de R$ 220 o litro.

Na web, a Aya Tech está emhttp://www.aya-tech.com.br