Tecnologia

Todos os participantes receberão certificado de participação registrado em blockchain como experiência de uso com a tecnologia

 

Blockchain View reúne mais de 30 especialistas para debater aplicações e o futuro desta tecnologia

Todos os participantes receberão certificado de participação registrado em blockchain como experiência de uso com a tecnologia

São Paulo, outubro de 2017 – No próximo dia 19 de outubro, São Paulo recebe o Blockchain View, considerado o principal evento sobre o tema. Promovido pela Cantarino Brasileiro, a segunda edição do evento, que ocorre entre as 8h e 18h, no Hotel Meliá Paulista, reunirá mais de 30 especialistas para debater a aplicação do blockchain em diversas áreas, aspectos regulatórios, criptomoedas, desafios desta tecnologia e o seu futuro.

Para proporcionar uma experiência prática com o blockchain, todos os inscritos receberão certificado de participação com registro na tecnologia, por meio de uma solução desenvolvida pela A Star. Para ilustrar ainda mais as diversas possibilidades que a tecnologia permite, o evento apresentará cases como Meu Diploma, na área de educação, da plataforma de vídeo Paratii, a organização colaborativa Próspera, o e-social da Build Up, serviços notoriais e iniciativas sociais.

Regina Crespo, curadora do Blockchain View, explica que a programação foi organizada de forma a levar um conteúdo robusto e completo para todos os participantes. “O evento terá início com uma palestra que abordará a perspectiva de  como a tecnologia irá dominar a cena nos próximos anos. A partir dessa introdução, mais de 30 especialistas passarão pelo congresso para trocar informações com o público. É uma ótima  oportunidade para gerar novos contatos, além de ampliar o conhecimento sobre o assunto”, ressalta. 

Entre os patrocinadores do Blockchain View está a Microsoft,  que desde 2015 possui a plataforma de Blockchain como serviços (BaaS, sigla em inglês) no Azure, nuvem pública da empresa.  Por meio dela, empresas dos mais diversos segmentos podem criar laboratório próprio de testes em blockchain. 

Initial Coin Offering (ICO)

Um dos destaques do Blockchain View será a palestra e o painel que abordarão a onda dos ICOs. Edilson Osório, fundador da OriginalMy.com, é o convidado para moderar o painel “ICO vs Crowdfunding vs Token – diferenças e semelhanças”, que contará com participação do Alexandre Garcia da eGenius, Paulo Perez da Bossa Nova, Marcelo Miranda da Finchain e Paschoal Baptista da Deloitte.

“Sempre participo do evento, geralmente em painéis, e a experiência é sempre muito bacana. O Blockchain View é muito interessante por tratar de um assunto novo e de bastante relevância no mercado, principalmente para quem atua no meio financeiro”, ressalta Edilson.

Além do painel, também consta na programação do evento uma palestra com Diego Perez, da Blockchain Hub, que explicará o que é e como funciona os ICO’s e outra com Jorge Casara da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que discutirá seus aspectos regulatórios.

Blockchain no setor público

Nathalia Nicoletti, desenvolvedora de negócios da A Star, será a mediadora do painel “Os desafios do Blockchain no setor público”, que tem participação confirmada de membros de orgãos públicos, como a ANAC, SERPRO e do Governo Estadual de São Paulo. “A ideia é que cada um conte sobre a perspectativa de adoção da tecnologia Blockchain nos órgãos, como estão implementando ou se estão estudando a implementação, entender as dificuldades, quais são os pontos de atenção e as oportunidades de aplicações”, ressalta Nathalia.

Marcos Cantarino, diretor da Cantarino Brasileiro, ressalta que o evento também irá falar sobre Bitcoin, Bitcoin Cash, Ether, Dash e outras criptomoedas, sob aspectos de investimentos, riscos, oportunidades, além de como a legislação brasileira aborda as moedas digitais. “O evento está completo, com palestras, painéis e cases distribuídos ao longo do dia para auxiliar as empresas a compreenderem a importância dessas tecnologias, o quanto elas são disruptivas e como elas podem transformar o negócio, quando usadas da maneira correta”, finaliza.

ANOTE EM SUA AGENDA
Blockchain View
Data: 19 de outubro
Horário: 8h30 às 18h
Local: Hotel Meliá Paulista
Endereço: Avenida Paulista, 2181, Consolação, São Paulo
Mais informações: http://blockchainview.com.br/

Sobre a Cantarino Brasileiro
Com 12 anos de experiência no mercado, a Cantarino Brasileiro é uma tradicional empresa de marketing e comunicação focada nos mercados financeiro e de meios de pagamento. Seu objetivo é promover a aproximação entre as empresas e seu público alvo através ações criativas e dinâmicas por meio de eventos, treinamentos, seminários, publicações, consultoria e relatórios setoriais.

A empresa também é responsável pelas publicações: Anuário Brasileiro de Bancos; de Canais de Pagamento e de Cobrança. Além disso, realizou este ano eventos relacionados à revolução digital no segmento de finanças, a segunda edição do Fintech View com 2 dias de conteúdo e mais de 40 palestrantes e painelistas, e o Fintech Show e Fintech Awards Latam, ambos com as segundas edições já confirmadas para 2018.

Informações para a Imprensa:
DFreire Comunicação e Negócios
Beatriz Silva – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Debora Freire – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Luciana Abritta – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Blockchain View, promovido pela Cantarino Brasileiro, discutirá como a nova tecnologia dominará a cena nos próximos anos

As tecnologias disruptivas como Bitcoin e Blockchain desafiam até os investidores mais experientes. Embora essa ainda seja uma fase de experimentação, as previsões são positivas em relação ao crescimento deste mercado.

Considerada uma das tecnologias mais disruptivas desde o advento da Internet, o Blockchain deverá movimentar cerca de 1 trilhão de dólares somente neste ano, mais de 15 vezes o valor movimentado em 2016. Segundo estudo recente da Juniper Research, os negócios diários envolvendo criptomoedas já ultrapassam a casa dos 2 bilhões de dólares.

Por acreditar na importância de debater o tema e seus principais impactos para o mercado, a Cantarino Brasileiro promoverá no dia 19 de outubro, no Hotel Meliá Paulista, o Blockchain View, segunda edição do maior evento sobre o assunto, ideal para quem está pensando em investir em Bitcoin e outras criptomoedas, atuando ou desenvolvendo em Blockchain.

As palestras abordarão o surgimento e adoção de criptomedas, ICO, token, smart contracts, projetos, estudos e aplicações da tecnologia que, embora seja a mais falada no mercado financeiro, conta com uma série de aplicações para outras indústrias, como educação, energia, infraestrutura entre outras. “O Blockchain é a tecnologia mais disruptiva e revolucionária da era digital. O evento reunirá uma série de startups, grandes empresas de tecnologia, advogados, bancos, governo e evangelizadores para fomentar o debate sobre novos modelos de negócios que poderão ser criados a partir da tecnologia”, afirma Regina Crespo, curadora de conteúdo do Blockchain View.
Atualmente, o Blockchain está entre as top 10 nas áreas de segurança corporativa, armazenamento de dados e compartilhamento de arquivos. Um recente relatório do Fórum Econômico Mundial prevê que, em 2025, 10% do PIB será armazenado em tecnologias relacionadas com blockchain.

Muitos especialistas acreditam que a tecnologia, que cresceu em popularidade por ser a base para a criptografia e segurança da plataforma de Bitcoin, revolucione a armazenagem de dados digitais. Aliado ao uso de big data, o blockchain pode ser a alternativa para reunir dados que se encontram desconectados, de forma a ampliar a eficiência e assegurar mais transparência em cada etapa do processo produtivo.

No Brasil, a tecnologia é nova e está sendo desenvolvida principalmente para soluções bancárias. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) criou uma comissão e um grupo de trabalho específico para tratar do assunto, devido à sua importância como ferramenta disruptiva e de segurança. O que chama bastante atenção no Blockchain é a maneira como rompe com o padrão usado atualmente por bancos de dados para armazenar informações de seus clientes.

Embora o blockchain esteja muito associado à moeda digital, a segunda geração, Blockchain 2.0, permite estender a tecnologia a outras indústrias. No negócio da música, vídeo e publicações, por exemplo, o Blockchain 2.0 poder ser utilizado na gestão de direitos autorais e coleta de royalties a partir de streaming digital e downloads. Esse modelo será apresentado pela Paratii (vídeos) e pela Prospera (publicações) na rodada de apresentações de projetos do Blockchain View, que mostrará soluções para diversos mercados.

A tendência é que todas as áreas em que há necessidade de certificação sejam beneficiadas pelo blockchain. Nesse sentido, qualquer tipo de valor mobiliário ou certificado que hoje é expedido em papel poderá ser convertido em uma informação no blockchain. Os exemplos são inúmeros: carteiras de identidade, apólices de seguro, ingressos, diplomas, cédulas monetárias em papel, certificados de autenticidade de obras de arte e patentes.

De acordo com Rocelo Lopes, fundador da CoinBR, o blockchain garante mais transparência às transações, podendo ser utilizado em obras públicas e doações a partidos políticos. “A tecnologia é realmente disruptiva e pode contribuir para inibir a corrupção”, destaca. Para Lopes, o Blockchain View será uma oportunidade para debater formas de implementar a tecnologia no Brasil, de maneira que ela seja segura e conte com a aceitação da sociedade, do governo, dos bancos e das corretoras de bitcoins.

“O evento se propõe a ser um espaço de troca de informações, aprendizado e de geração de oportunidades, que permitam às empresas de diversos segmentos se tornarem mais eficientes com a implementação de Blockchain”, complementa Marcos Cantarino, diretor da Cantarino Brasileiro.
Saiba mais sobre a programação: http://blockchainview.com.br/

ANOTE EM SUA AGENDA
Blockchain View
Data: 19 de outubro
Horário: 8h30 às 18h
Local: Hotel Meliá Paulista
Endereço: Avenida Paulista, 2181, Consolação, São Paulo

Sobre a Cantarino Brasileiro
Com 12 anos de experiência no mercado, a Cantarino Brasileiro é uma tradicional empresa de marketing e comunicação focada nos mercados financeiro e de meios de pagamento. Seu objetivo é promover a aproximação entre as empresas e seu público alvo através ações criativas e dinâmicas por meio de eventos, treinamentos, seminários, publicações, consultoria e relatórios setoriais.

A empresa também é responsável pelas publicações: Anuário Brasileiro de Bancos; de Canais de Pagamento e de Cobrança. Além disso, realizou este ano eventos relacionados à revolução digital no segmento de finanças, a segunda edição do Fintech View com 2 dias de conteúdo e mais de 40 palestrantes e painelistas, e o Fintech Show e Fintech Awards Latam, ambos com as segundas edições já confirmadas para 2018.

Informações para a Imprensa:
DFreire Comunicação e Negócios
Beatriz Silva – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Debora Freire – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Luciana Abritta – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

As aplicações do Blockchain no cenário da Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) serão o tema do quarto webinar da série que o CPqD vem promovendo com o objetivo de desmistificar essa tecnologia. Marcado para 30 de agosto, às 14 horas, o webinar Blockchain e IoT: Aplicações e iniciativas, será apresentado por Rodrigo Lima Verde Leal, especialista do CPqD que atua na formulação de propostas de projetos de inovação tecnológica com parceiros industriais e governamentais.

 

“No cenário da IoT, a tecnologia Blockchain pode proporcionar uma forma de rastrear a história de cada dispositivo, registrando a troca de dados realizada com outros dispositivos, serviços web e com usuários humanos”, afirma Leal. “Pode, também, permitir que dispositivos inteligentes assumam o papel de agentes independentes, que conduzem de forma autônoma uma variedade de transações”, acrescenta.

 

Entre os exemplos de aplicações de Internet das Coisas que podem se beneficiar do Blockchain, Leal menciona o monitoramento remoto de ativos de elevado valor, o controle de identidade dos dispositivos IoT (por exemplo, para registro e permissão de acesso a diferentes aplicações), o rastreamento de uma cadeia de produção, envolvendo vários fornecedores, e a gestão da distribuição e venda de produtos como medicamentos de uso controlado e alimentos (como carne e orgânicos).

 

“Em um futuro em que teremos uma Internet das Coisas autônomas e descentralizadas, o Blockchain poderá ser o arcabouço que dará suporte ao processamento e coordenação das transações entre dispositivos. Nesse contexto, cada dispositivo deverá gerenciar seus próprios papéis e comportamentos”, prevê Leal. “E isso tornará viável modelos de negócios transformadores.”

 

Além de apresentar aplicações e iniciativas em andamento, o webinar Blockchain e IoT abordará também os principais desafios para transformar essa combinação em realidade. Os interessados em participar do evento - que é gratuito e tem duração de 30 minutos - devem fazer sua inscrição pelo web site http://materiais.cpqd.com.br/webinar-tecnologia-blockchain-e-iot-aplicacoes-e-iniciativas



Sobre o CPqD

Com foco na inovação em tecnologias da informação e comunicação, o CPqD é uma organização independente. Criado há mais de 40 anos, mantém o maior programa de pesquisa e desenvolvimento da América Latina em sua área de atuação. Seu portfólio abrangente de soluções, serviços, sistemas de missão crítica e tecnologias de produto transferidas para a indústria é utilizado nos mais diversos segmentos de mercado, no Brasil e no exterior, contribuindo para o aumento da eficiência das organizações, a transformação da experiência com seus clientes, a viabilização de modelos de negócios e a criação de novos produtos. Referência tecnológica no país, o CPqD integra o ecossistema de inovação aberta que vem alavancando o empreendedorismo, por meio de suas competências em áreas estratégicas da transformação digital - como Internet das Coisas, Inteligência Artificial e Conectividade.

www.cpqd.com.br | Twitter | Facebook | Google+ | LinkedIn