Publicado em Transporte

Centro de Treinamento de Tarawa comemora 50 anos

por em08 Agosto 2017 130 acessos
  • .
Report ThisConteúdo Inadequado? Avise-nos

Cerca de 200 convidados comemoraram, no final de Julho, o 50º aniversário do Centro de Treinamento Marítimo (MTC) na ilha de Tarawa de Kiribati, no Pacífico Sul. Apesar dos 13.700 quilômetros entre Hamburgo e a escola em Tarawa, os locais estão intimamente associados, já que a empresa alemã foi cofundadora da escola de treinamento de marinheiros há cinco décadas.

A Hamburg Süd também é responsável pela joint venture SPMS (South Pacific Marine Services GbR), que ajuda a direcionar profissionais treinados para as companhias de  navegação parceiras. Além de Hamburg Süd, os apoiadores do treinamento e os maiores empregadores de Kiribati incluem companhias de navegação como Aug. Bolten, F. Laeisz, Fisser & van Doornum, Leonhardt & Blumberg e Reederei Nord. Atualmente, mais de 625 marinheiros treinados são empregados nos navios dessas empresas. Mais de 5.000 marítimos receberam treinamento desde 1967.

O MTC é operado pelo Ministério do Trabalho e Desenvolvimento de Recursos Humanos de Kiribati, recebendo apoio financeiro dos governos da Austrália e da Nova Zelândia, bem como da Embaixada da Alemanha. A cooperação de todos os parceiros mostra a grande importância da escola para a região e também para as companhias de navegação em Hamburgo.

"A fundação do MTC foi vantajosa para todos os envolvidos. Até hoje, as companhias de navegação confiam plenamente na experiência dos profissionais treinados aqui, por um período 18 meses para o trabalho no mar. Além disso, muitos jovens do Kiribati obtêm um emprego estável graças ao centro de treinamento”, afirma o diretor da subsidiária da Hamburg Süd Columbus Shipmanagement GmbH e presidente da SPMS, Christoph Gessner.

A alta qualidade do treinamento é assegurada por equipamentos técnicos modernos, bem como pela Convenção Internacional sobre Normas de Treinamento, Certificação e Serviço de Quartos para Marinheiros (STCW) e pela Organização Marítima Internacional (OMI). A capacidade de atuar em mar é comprovada localmente por um médico, com base nas diretrizes da Berufsgenossenschaft Verkehr, instituição alemã de seguro de acidentes para transporte e tráfego.

Sobre a formação do MTC: Uma emergência a bordo de um navio da Hamburg Süd, em 1964, levou à fundação do Centro de Treinamento Marítimo. Um membro da tripulação ferido precisava de ajuda urgente. Na operação de resgate, os pescadores locais apresentaram uma grande proeza náutica. O capitão relatou com entusiasmo essas habilidades para a sede em Hamburgo. Isso deu origem à idéia de promover o enorme potencial náutico de Kiribati, investindo no treinamento de marinheiros altamente qualificados.