​Verão em SC movimenta turismo também na Capital dos Cânions

Turistas fogem do litoral em busca de sossego em Aparados da Serra


​Verão em SC movimenta turismo também na Capital dos Cânions 1

O turismo em Santa Catarina na estação mais quente do ano não beneficia apenas o litoral, mas também locais paradisíacos banhados por rios e cachoeiras. E se a paisagem for de cinema, como a dos Cânions do Sul do Brasil, o pacote é completo.

É este o cenário que está atraindo turistas do sudeste do país e também europeus para o charmoso reduto sulista, que passou a fazer sucesso tanto no verão como no inverno. Nos Aparados da Serra, em Praia Grande, no extremo sul de Santa Catarina, onde novelas e filmes foram gravados, a procura nesta época do ano aumenta consideravelmente.

No charmoso Costão da Fortaleza Lodge, a maioria dos hóspedes vem de São Paulo, pois nem todos turistas que nos visitam preferem praias e agito em demasia. “Aqui o turista encontra tudo que não encontra  no litoral: sossego e tranquilidade. Além de atrações que só tem aqui no Brasil: uma cadeia com mais de 60 cânions e toda esta natureza preservada”, salienta Alana Dalcin, proprietária da pousada  que recebeu o  Prêmio Traveller’s Choice 2018 do Trip Advisor , o site de viagens mais pesquisado no mundo que os coloca entre as 25 melhores pousadas do Brasil.  

E também para fugir do tumulto de verão nas praias, agora em janeiro o local tem recebido catarinenses e gaúchos de diversas regiões e, entre os estrangeiros, a maioria é de europeus, principalmente da Alemanha.

Os Parques Nacionais de Aparados da Serra e Serra Geral, juntos, tem mais de 30 mil hectares e abrangem parte do extremo sul catarinense e também da serra gaúcha. 22 hectares dos 33 que  pertencem ao Costão da Fortaleza Lodge estão dentro do Parque Nacional da Serra Geral e são exclusivos para o desfrute dos hóspedes que os visitam.

Ao contrário do que o nome sugere, o pequeno município não é praia e nem grande, mas é o município catarinense mais beneficiado por esta cadeia de montanhas: são 11 canyons pertencentes ao município, que há 15 anos ostenta o título de “Capital Catarinense dos Cânions, alcunha concedida pelo Governo do Estado. Segundo dados da Secretaria de Turismo de Praia Grande,  aproximadamente 20 mil visitantes estiveram na cidade para conhecê-lo no ano .

Para continuar crescendo e receber mais turistas, empresários do turismo da cidade apostam no ecoturismo já que a região possui riqueza biológica e geológica única e mantém sua natureza intacta. Apostam em tratamento próprio de esgoto,  compostagem de lixo orgânico, horta orgânica (para a cozinha das pousadas, como no Costão da Fortaleza Lodge), produtos da agricultura familiar local e, claro, muita água potável. 

A expectativa para o final do verão e para a temporada de inverno que se aproxima é uma melhora em relação aos últimos anos: estima-se  receber 35% mais turistas que nos últimos anos.

Mais informações: www.costaodafortaleza.com


Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens