Sem categoria

Audiência pública é convocada para tratar da situação do funcionalismo público de Sete Lagoas em meio à cassação do prefeito


Audiência pública é convocada para tratar da situação do funcionalismo público de Sete Lagoas em meio à cassação do prefeito 1

A situação política e financeira de Sete Lagoas tem sido motivo de revolta da população. Entre os afetados está o funcionalismo público, que está há dois meses sem receber e sem reajustes, além de outros benefícios inerentes à categoria. O prefeito da cidade Leone Maciel, cassado pelo TRE/MG mas exercendo o cargo por força de embargos, ainda demitiu diversos funcionários em dezembro passado por conta da dívida do município. Em janeiro e fevereiro, o prefeito contratou  330 cargos comissionados elevando a folha de pagamento em mais de R$ 18 milhões ao ano. Entre os cargos estão o da esposa do prefeito, o genro e o concunhado. 

Para discutir os problemas enfrentados pelos servidores tais como salários atrasados, pisos salariais, reajustes salariais, hora-atividade, acertos pendentes e outros, foi convocada uma audiência pública na próxima segunda-feira, 25 de fevereiro, às 18h. Entre os convidados estão os funcionários do município, secretários, entidades de classe, sindicatos e outros.


Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens