Especialista dá dicas para enfrentar cegueira causada por uma traição


Especialista dá dicas para enfrentar cegueira causada por uma traição 1

 

A traição nos violenta. É capaz de destruir relacionamentos e a confiança necessária para criar intimidade. No caso de crianças, os efeitos podem perdurar por toda vida. Crianças traídas podem se transformar em adultos incapazes de confiar ou que confiam cegamente em pessoas que acabarão por traí-las. A chamada “cegueira à traição”, explicada no livro Traição, da editora Elsevier, acontece quando não vemos ou não conseguimos ver o que está bem diante de nós.

Especialista dá dicas para enfrentar cegueira causada por uma traição 2

 

Um exemplo é a história de Julie Stone, que viu o marido beijando outra mulher em um bar e acreditou na desculpa de que ele “nunca a havia visto”. A advogada tinha inúmeros motivos para desconfiar do marido, pois ele viajava muito a trabalho e sempre que voltava depois de uma temporada, preferia encontrar os amigos em um bar a ir para a casa. Certa vez, Julie o flagrou com outra mulher na cama do casal e assim, meses mais tarde, pediu o divórcio. Entretanto, as razões para isso foram tanto pela infidelidade quanto pela forma agressiva que ele passou a trata-la. 

 

Segundo Pamela Birrel e Jennifer Freyd, autoras do livro, a informação de que o marido era infiel estava ali o tempo todo. Quando, mais tarde, Julie rememorou o incidente do bar, por fim enxergou o que não conseguiu ver naquela época.

 

“É quase certo que ela sabia das traições do marido, ainda que não se permitisse saber. A cegueira à traição requer tal complexidade que alguém pode permanecer numa condição de dualidade, ao mesmo tempo ciente e não ciente de algo importante”, explicam as autoras.

 

Por causa de histórias como essas que elas listaram algumas dicas para a cura dessa chamada cegueira.

 

O Papel do Corpo

 

Primeiro é importante ter bons hábitos de sono. Você precisa ter uma noite de sono tranquila e sem interrupções para poder curar a mente. Procure deitar somente quando estiver com sono e acorde mais ou menos no mesmo horário todo dia. Desenvolva rotinas de sono, de modo a dar ao corpo indicativos de que está na hora de desacelerar e dormir. Por exemplo, ouvir música relaxante, ler algo reconfortante, tomar um chá descafeinado ou fazer exercícios de relaxamento. Segundo, você precisa fazer atividade física. Faça qualquer uma, contando que mexa o corpo. Terceiro, procure ter uma alimentação saudável. Isso significa comer alimentos naturais. A maioria das pessoas se sente com mais saúde e energia se evita comidas com muito sal, gorduras trans, gorduras saturadas, colesterol e açúcar. Devemos estar atentos ao nosso corpo e as mensagens que ele nos passa

 

O papel dos relacionamentos

 

Assim como corpo saudável, os relacionamentos saudáveis também são importantes para a cura. Em termos simples, é uma boa ideia se manter afastado de pessoas que lhe pareçam tóxicas, passar mais tempo com pessoas que lhe pareçam confiáveis e procurar relacionamentos que o ajudem a se valorizar. Relacionamentos sem os quais você sente que “não pode viver” ou nos quais você se sente psicológica, financeira ou fisicamente dependente de alguém têm grande potencial de cegueira. A dependência nos relacionamentos não é necessariamente ruim. Na verdade, somos todos dependentes em certa medida. A interdependência é saudável.  Algumas vezes, porém, a dependência extrema pode ser tóxica e aumenta a probabilidade de traição e de cegueira. É bom se perguntar se você está confortável com seu nível de dependência em um relacionamento específico.

 

O papel da revelação

 

É importante falarmos sobre o assunto somente quando nos sentirmos seguros para isso. O ideal é encontrar uma pessoa que escute sem nos julgar e que dê apoio. Também é bom contar nossa história mesmo que de maneira particular, como em um diário. As palavras, faladas ou escritas, constituem poderosa ferramenta para comunicar uma história de traição, mas não é a única forma.

 

Como entender o processo

 

A cura da traição e da cegueira é uma tarefa árdua. Não é um processo simples de contar e saber. Primeiro, a pessoa deve ter vivenciado um processo chamado “cegueira alternante à traição”. Isso acontece quando temos ciência da traição em um momento, mas depois descobrimos que falamos, agimos ou sentimos como se não estivéssemos cientes de que houve traição no relacionamento. A remoção da cegueira à traição não ocorre de uma hora para a outra, de modo definitivo. O mais provável é que a consciência total do fato leve um tempo para se manifestar, e que você alterne estados de cegueira com momentos de visão.  Durante esse tempo, você precisará de um sistema de apoio, talvez até de ajuda profissional (principalmente quando a traição acontece em um relacionamento de muito tempo) para conseguir suportar a dor de encarar a realidade – “fui traído”, apesar dos bons momentos -, ao contrário do que a cegueira o fazia acreditar.


Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens