Lingeries = revenda e dicas para vender bem


Lingeries = revenda e dicas para vender bem 1

O mercado da moda íntima é muito popular em todos os lugares do mundo, pois trata-se de produtos que frequentemente todas as pessoas precisam adquirir, por essa razão, é uma das áreas que nunca sai de moda.

Seguindo esse contexto, quem deseja conquistar bons resultados financeiros, este ramo é uma boa opção para investir, seja revendedoras autônomas ou para aqueles empreendedores que estão pensando em montar uma loja física ou virtual.

A lingerie é um produto que pode ser encontrado em diversos tamanhos, cores, preços e em alguns caso, até sob medida, ou seja, é produto muito demandado e seu segmento está em constante crescimento, porém, vale ressaltar que como qualquer área profissional, é necessário um bom planejamento e organização para obter resultados positivos.

O primeiro passo para quem deseja vender ou revender moda íntima, consiste em contar com o apoio de bons fornecedores de atacado lingerie, que ofereçam produtos de qualidade e que garanta conforto e satisfação aos seus clientes.

Após determinar seus fornecedores, é necessário decidir como será o tipo de venda, se venda por loja física, venda por loja virtual ou venda autônoma. Diante da escolha do negócio, focar no estoque e na variedade de produtos é essencial, pois um dos principais objetivos da venda é proporcionar aos clientes possibilidades de escolha. 

Há diversas opções de lingeries, desde: calcinhas, conjuntos, meias, sutiãs, acessórios, biquínis, maiôs e entre outros.

Lembre-se, persistência e dedicação são a base para conquistar boas vendas. Por isso, busque conhecer sobre seu público-alvo, estejam sempre atualizados nas mais recentes tendências e tenham uma equipe preparada (em caso de loja física ou virtual), assim você conseguirá adquirir bons resultados.

Confira algumas dicas para revender lingeries.

– Seja sincera, ajude seu cliente = Se achar que o produto não ficou bom na cliente, procure dizer isso de maneira gentil, mas somente dê sua opinião quando ela for solicitada de maneira direta. Não aja na defensiva em caso de reclamações. Mostre interesse.

– Conheça os gostos da sua cliente, interprete o corpo = tenha dialogo, busque informações sobre os gostos dela, como cor preferida, manequim ou tipo de pele. Fique atenta também à linguagem corporal: se a cliente interrompe a conversa, cruza os braços ou não olha nos olhos, isto é um sinal que ela não está interessada em sua oferta.

– Trate um não como um sim = Tenha em mente que no começo você vai receber muitos não, por isso, esteja preparada e reaja da mesma forma que quando receber um sim: sempre de forma alegre e educada.

– Use os produtos que você vende = Isso faz com que você conheça melhor seu produto, isto é, como deve ser usado e armazenado. À vista disso, passe algumas experiências que você tem ou teve, isso passa confiança ao cliente.

Quer saber mais? Então visite Pink Lingerie


Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens