Marca de cosméticos Professional Donna quer avançar no canal farma

Estratégia da companhia é atuar mais próxima junto aos distribuidores e atacadistas em regiões estratégicas, como o Sudeste e o Sul do país


Marca de cosméticos Professional Donna quer avançar no canal farma 1

Trinta porcento das vendas da indústria de higiene e beleza no Brasil é proveniente das farmácias e drogarias. A constatação veio do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), João Carlos Basílio, durante abertura da in-cosmetics Latin America 2018, que, na ocasião, previu um mercado ainda mais crescente nos próximos anos, especialmente em razão da expansão desse tipo de comércio pelo país com as redes associativas e as independentes. Os números devem ser impulsionados pelos produtos de perfumaria, além daqueles de cuidados com a pele, cabelo e o mercado masculino.

Tamanho crescimento e otimismo fizeram a Professional Donna (www.professionaldonna.com.br), marca de varejo da Itallian Hairtech, indústria que reúne as marcas Itallian Collor, Itallian Collor Coloratto, Itallian Collor Sopremo, Fast Form, Trivitt, Extreme Up, Innovator, Kerasoft e Professional Donna Color, a apostar no varejo farmacêutico. “Depois de consolidarmos nossa posição junto aos profissionais cabeleireiros, enxergamos esse canal como fundamental em nossa estratégia de crescimento no varejo. É importante acompanhar os locais de compras do consumidor, além de entender suas necessidades e desejos”, afirma Décio Alcântara, gerente de Marketing de Professional Donna.

Atualmente a linha representa 2% do faturamento da empresa, mas a estimativa é que Professional Donna chegue a 10% nos próximos dois anos. As vendas neste ano devem sofrer um incremento de 30%. Para isso, a estratégia da companhia é atuar de maneira mais próxima junto aos distribuidores e atacadistas em regiões estratégicas, especialmente no Sudeste e o Sul do país. “Todos os 35 skus de Professional Donna estão prontos para que as consumidoras tenham a melhor experiência em tratamento capilar e em cor cosmética. Para chegarmos a elas, nosso desafio, prioritariamente, é desenvolver parceiros que nos ajudem a avançar com marca nos pontos de vendas”, argumenta Alcântara. 

De acordo com o executivo, os produtos de Professional Donna são produzidos às mulheres que fazem tratamentos e cuidam dos cabelos em casa. Seus produtos (Coloração Donna Color, Hidratação Adeus Vilã, Shampoo Anti-Recalque, Condicionador Hidratante Derrota das Inimigas e o Óleo Poderoso, além do kit Legítima Defesa) trazem a expressão de mulheres empoderadas que conquistam seu espaço na sociedade. “Estamos apostando no diferente. Isso se aplica à comunicação ousada das embalagens e aos produtos com extrema qualidade profissional e apelos divertidos”, diz Alcântara.

“Casamento” no varejo que deu certo – As vendas de produtos HPC no varejo farmacêutico merecem atenção de todo o trade. Por isso mesmo, a Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar) e a Beauty Fair uniram suas forças em 2018 com a realização do 1º Fórum Beauty Fair Farma, que teve o objetivo de fazer com que o canal farma e o mercado de beleza explorem novas oportunidades de negócios. Durante reunião, César Tsukuda, diretor superintendente da Beauty Fair, apontou o desejo de ver crescer o espaço e o número de produtos de belezas oferecidos nas farmácias. A segunda edição do evento ocorrerá em setembro próximo.

Segundo estudo da IQVIA, no país existem mais de 84,3 mil farmácias, que cresceram 11,76% em 2018, faturando R$ 120,3 bilhões. Nesse mercado a Febrafar foi o destaque, crescendo 19,14%. Além disso, atualmente os cosméticos representam 32% das vendas desse canal. 


Core Group

Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens