Projeto de incentivo à leitura leva cultura para alunos de escolas municipais do interior

“Sete Mares de Histórias” promoverá apresentações de contações de histórias em quatro cidades do Paraná


Projeto de incentivo à leitura leva cultura para alunos de escolas municipais do interior 1

Entre os dias 20 a 31 de maio, a Boreal Companhia de Teatro percorrerá todas as escolas municipais das cidades de Rebouças (20 a 23), Guamiranga (24), Teixeira Soares (27 a 30) e Fernandes Pinheiro (31), no Paraná, com o projeto “Sete Mares de Histórias”, realizando apresentações gratuitas para alunos do ensino fundamental. Oobjetivo principal é incentivar a leitura entre as crianças de cinco a dez anos de idade. “Nós queremos fazer com que as crianças saiam da contação de histórias e queiram ir direto para a biblioteca buscar um livro, onde elas possam encontrar uma aventura, imaginar outras coisas, sentir, experimentar outros lugares, outras vozes”, diz a diretora Cris Betina Schlemmer.

A história que será contada é inédita e foi criada durante o processo de ensaios. A personagem principal é a Capitã Tranças Longas, uma filha de pirata que viaja os sete mares vivendo aventuras e encontrando tesouros. “Só que os tesouros que ela encontra não são tesouros como pedras preciosas ou moedas de ouro. Ela encontra objetos que talvez sejam descartáveis para outras pessoas, mas que para ela têm muito valor, pois ela os transforma, dá outro sentindo e tudo vira brincadeira”, explica Cris Betina. A personagem foi inspirada nas histórias da Pippi Langstrumpf, aqui no Brasil conhecida como Pipi Meialonga, da escritora sueca Astrid Lindgren. 

A ideia também é instigar a imaginação das crianças. “Nós queremos passar a autonomia que a personagem tem: uma criança corajosa, que quer desbravar o mundo, tem vontade de viver, de conhecer, de aprender. Nas histórias também falamos de outras culturas, comidas diferentes, outros sabores da vida que acabamos experimentando quando saímos um pouquinho do nosso território cotidiano. Isso não quer dizer que as crianças precisam ir fisicamente para o Japão ou França, mas a imaginação e a leitura podem levá-las a qualquer lugar. Existem várias maneiras de viajar sem sair do lugar”, consideram.

As apresentações serão realizadas pela atriz Thyane Antunes, que conta com a música como principal aliada para atrair e manter a atenção das crianças. “O grande desafio do projeto é justamente esse: fazer com que as crianças se identifiquem, participem da história”. 

Democratização do acesso
O projeto “Sete Mares de Histórias” é aprovado pelo Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná (Profice) da Secretaria de Estado da Cultura do Governo do Estado do Paraná e tem apoio da Havan.

Sobre a Boreal Companhia de Teatro
A Boreal Companhia de Teatro nasceu em 2010 pelas mãos da produtora cultural e diretora Cris Betina Schlemmer e pela atriz Thyane Antunes. A companhia é especializada na elaboração, desenvolvimento e execução de projetos culturais aprovados pelas leis de incentivo (municipal, estadual e federal), com o objetivo de gerar valor aos seus parceiros e fomentar a cultura no país. Ao longo desses anos, montou peças para o público adulto e infantil, priorizando a qualidade artística, técnica e humana nos projetos que realiza. Entre as suas principais realizações estão: O Império da Paixão em Fatias Parcimoniosas, Nina e o Reino das Galochas e O Caderno Rosa da Senhora H. 

Serviço: As apresentações do projeto “Os Sete Mares de Histórias” são gratuitas e ocorrerão de 20 a 31 de maio, nas escolas municipais dos seguintes municípios:

20 a 23 de maio – Rebouças
24 de maio – Guamiranga
27 a 30 de maio – Teixeira Soares
31 de maio – Fernandes Pinheiro


Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens