Qualidade do sono afeta crescimento, aprendizado e saúde de crianças e adolescentes

Especialista em sono explica sobre a importância de dormir bem


Qualidade do sono afeta crescimento, aprendizado e saúde de crianças e adolescentes 1

No dia 14 de fevereiro, recomeçam as aulas nas escolas da rede pública de ensino do Paraná, segundo a Secretaria de Estado da Educação. Todos os anos, muitos pais enfrentam uma batalha nesse momento, quando as crianças e adolescentes acostumadas às férias precisam se readaptar aos horários de dormir e acordar.

O especialista em sono Dr. Fernando Cesar Mariano alerta que é preciso preservar a qualidade do sono das crianças e adolescentes: “Criança que dorme mal cresce menos porque o hormônio do crescimento é secretado, na sua maior parte, à noite, enquanto a criança dorme”.Ele explica que a qualidade do sono afeta a consolidação da memória, aprendizado, a concentração e a saúde em qualquer idade. “Cuidar do sono da criança é investir em um adulto mais saudável, feliz e pleno nas suas capacidades cognitivas”.

Os pais precisam saber que os adolescentes que querem dormir mais de manhã não são preguiçosos. Pelo menos, não por isso. Em geral, diz Dr. Mariano, que também é médico otorrinolaringologista, quem está nessa fase realmente precisa de mais horas de sono, entre nove e dez horas, e tem também dificuldade para dormir cedo, o que é denominado de atraso da fase do sono. “Há algumas discussões sobre otimização de horário de aulas para adolescentes e a sugestão de que comecem um pouco mais tarde”, afirma.

Já as crianças devem ir para a cama cedo e também dormir entre nove a dez horas por noite. O ideal é que tanto crianças e adolescentes quanto adultos mantenham a mesma hora para dormir e acordar todos os dias, inclusive nos fins de semana, para que o organismo se habitue e se regularize.

Disciplina
Para ter boas noites de sono e, assim, melhor qualidade de vida dos filhos, os pais precisam adotar algumas regras para crianças e adolescentes. 

– Manter a rotina nos horários de dormir e acordar;
– O quarto não deve ter televisão ou computadores, pois esse ambiente precisa ser reservado somente ao descanso da noite;
– Não é recomendado brincar ou mexer em celulares e tablets, pelo menos, 45 minutos antes do horário de dormir, nem assistir à TV ou mexer no computador, pois a luz azul que vem dos eletrônicos atrapalha ainda mais o relaxamento e a produção de melatonina, o hormônio que induz o organismo ao sono;
– Pode ler um livro, desde que seja algo que não demande muita concentração e excitação e, de preferência, não na cama, que é o local de dormir;
– O ambiente para dormir deve ser mantido totalmente escuro, silencioso e com temperatura agradável. É recomendável um botão de luz ao alcance da mão para, caso seja necessário levantar durante a noite, não tenha o risco de quedas e outros acidentes;
– Nada de exercícios ou brincadeiras agitadas, que aumentam a temperatura corporal e atrapalham pegar no sono;
– Refeições pesadas não são recomendadas. Já refeições leves devem ser feitas três horas antes de ir para a cama.

Sobre o Dr. Fernando Cesar Mariano
O médico otorrinolaringologista Dr. Fernando César Mariano é especialista em sono e cirurgião de ronco e apneia. Faz parte do corpo clínico do Hospital IPO e é médico em Quatro Barras (PR). É criador do game educativo para crianças e adolescentes “Hey, Roncabilly! O game do sono saudável”, que destaca a importância de dormir bem e desmistifica que roncar é algo engraçado ou normal. Mais informações no site: www.drronco.com.br.


Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens