Rio das Ostras Jazz & Blues Festival 2018

Com mais de 500 shows e jam sessions memoráveis, o Rio das Ostras Jazz & Blues faz quinze anos com o status de maior festival gratuito do gênero na America Latina.


Rio das Ostras, cidade da Região dos Lagos, será destino obrigatório para os amantes do jazz e do blues no feriado de Corpus Christi. De 31 de maio a 3 de junho, o balneário receberá  a décima quinta edição do Rio das Ostras Jazz & Blues Festival.  Serão 29 shows gratuitos com artistas nacionais e internacionais em palcos localizados na Praça São Pedro (11h15), Lagoa de Iriry (14h30) e  Costazul (20h).  

O festival é hoje o espaço musical mais democrático do país. Desde a sua criação em 2003, realizou mais de 500 shows, palestras e workshops gratuitos para cerca de um milhão de espectadores, estimulando o interesse pela música de alta qualidade e criando oportunidades para o público conferir de perto alguns dos maiores nomes do jazz, do blues e da música instrumental. 

A décima quinta edição do festival promove o encontro dos guitarristas Stanley Jordan e Armandinho, acompanhados por Ivan “Mamão” Conti, na bateria e Dudu Lima, no baixo; apresenta a saxofonista americana Vanessa Collier e Fred Sun Walk & The Dog Brothers; o pianista pernambucano Amaro Freitas, vencedor do prêmio MIMO instrumental de 2016; o compositor, arranjador e trombonistaMarlon Sette; a banda gaucha Delicatessen com recriações de Standards do jazz americano; a voz potente de Leon Beal Jr. com Igor Prado & Just Groove; a Banda Black Rio; a cantora Rosa Marya Colin com o gaitista Jefferson Gonçalves em participação especial; o saxofonista italiano Maximo Valentini; o quarteto “Com Alma”; o guitarrista Big Gilson, um dos ícones do blues carioca; o acordeonista Chico Chagas e a banda Azymuth em parceria inédita com Dj Nuts.  No Palco São Pedro, dedicado a novos talentos, se apresentam Vitor Karyello Trio, Eduardo Ponti Jazz Fusion  e  a banda de blues Laranjeletric Blues Band. A abertura do festival será ao som da big band  Onda De Sopros de Rio das Ostras liderada pelo  flautista e saxofonista Luiz Felipe Oliveira.

A programação paralela, na Casa do Jazz e do Blues, em Costazul, traz shows de novas bandas que estão se destacando no estado do Rio de Janeiro, com apresentações nos intervalos dos shows principais. O festival traz ainda o Clube do Vinil espaço onde os aficionados e colecionadores das famosas “bolachas” poderão trocar ideias, comprar e trocar seus discos. 

O Rio das Ostras Jazz & Blues é realizado pela Azul Produções e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Rio das Ostras, por meio da Secretaria de Turismo. Em setembro de 2018 o festival acontecerá também no Rio de Janeiro integrando o calendário do Programa Reage Rio de Janeiro a Janeiro, do Ministério da Cultura. 

Confira a programação completa em www.riodasostrasjazzeblues.com

www.riodasostrasjazzeblues.com

Site do festival com programação completa 

Artistas 2018

15º RIO DAS OSTRAS JAZZ & BLUES FESTIVAL 

ARTISTAS 2018

STANLEY JORDAN TRIO E ARMANDINHO
Um encontro mágico entre grandes guitarristas é o que o público pode esperar para este show. Stanley Jordan já fez seu nome como um dos guitarristas mais importantes do século 20 e Armandinho, um ícone da guitarra brasileira. O show tem ainda a participação de Ivan “Mamão” Conti, na bateria, e do baixista mineiro Dudu Lima no baixo acústico e elétrico. 

AMARO FREITAS
Ventos do novo jazz brasileiro sopram do Recife. Vencedor do Prêmio MIMO Instrumental de 2016 e uma das grandes revelações do festival, o pianista pernambucano Amaro Freitas, de 26 anos, esbanja talento e frescor à frente do trio formado com o baixista Jean Elton e o baterista Hugo Medeiros. No álbum de estreia, Sangue Negro, o instrumentista desconstrói o gênero que adotou, adicionando temperos nordestinos de frevo, maracatu e baião sob influências declaradas do compositor Capiba (1904-1997) e da Spok Frevo Orquestra. Amaro, aos 26 anos, ganha destaque e desponta como um dos mais interessantes nomes de uma nova geração de instrumentistas brasileiros. 

VANESSA COLLIER E FRED SUN WALK & THE DOG BROTHERS
A premiada compositora e saxofonista Vanessa Collier, indicada ao Blues Awards em 2017, traz para o festival um repertório que mistura blues, funk, rock e soul. Natural da Filadélfia, se formou na Berklee College of Music, em Boston;Seus primeiros passos profissionais na música foram dados ao lado do bluesman Joe Louis Walker. Vanessa Collier tem como anfitriã a banda de Blues Brasileira Fred Sunwalk & The Dog Brothers, que está na estrada há 20 anos. No currículo estão apresentações em grandes festivais de blues e jazz, além de participação na abertura de shows de ícones da música, como Buddy Guy, Jimmy King e Eric Gales. Fred Sunwalk já se apresentou ao lado de lendas, como Carey Bell, Phil Guy, The Teardrops.
A banda é formada por Fred Sunwalk (guitarra e voz), Vanessa Collier (saxofone e voz), Alexandre Rodarte (baixo), Leonardo Rodarte (bateria) e Paulinho Zambianchi (guitarra). 

DELICATESSEN
Delicatessen é uma banda de jazz gaúcha surgida em Porto Alegre (RS). Formada por Rowena Jameson (voz), Nico Bueno (baixo), Mano Gomes (bateria) e  Antonio Flores ( violão). O grupo recria Standards de jazz americanos em versões que passam pela música brasileira, especialmente a bossa nova. A banda estreou com o CD Jazz+Bossa em 2006 recebendo em abril de 2007 uma indicação para o melhor disco de língua estrangeira no 5º Prêmio Tim de Música. O segundo disco do grupo "My Baby Just Cares for Me", lançado em 2008, ganhou muitos prêmios, entre eles o Prêmio da Música Brasileira como Melhor Disco em Língua Estrangeira. 

CHICO CHAGAS ACORDEON TRIO
Multi-instrumentista, compositor e arranjador, Chico Chagas segue levando a tradição na arte de tocar acordeon pelo mundo afora: uma combinação da autêntica música brasileira com uma releitura jazzística. Chico é um dos poucos acordeonistas brasileiros que tocam a música da Amazônia. Foram três anos residindo em Londres, França e Alemanha, onde se apresentou em vários festivais com artistas renomados do jazz. Chico já trabalhou com Milton Nascimento, Hamilton de Holanda, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Naná Vasconcelos, Paulo Moura, Alceu Valença, Adriana Calcanhotto, João Bosco, Djavan, Maria Bethânia, Chico César, Cássia Eller e Vanessa da Mata, entre outros.

AZYMUTH E DJ NUTS
Uma das mais influentes bandas do Brasil, Azymuth tem em sua discografia mais de 30 álbuns. Combinando soul, funk e jazz com o Samba, o Azymuth é responsável por criar um som e estilo próprio que deram o nome de "Samba Doido (CrazySamba)". Em 1979 o grupo lançou um dos mais vendidos LPs da música instrumental, o disco apresentava o hit internacional "Jazz Carnival". Entre os principais sucessos do Azymuth, estão "Linha do Horizonte", "Melô da Cuíca" e "Voo sobre o Horizonte, além do grande hit internacional "Jazz Carnival".  No Rio das Ostras Jazz & Blues Azymuth se junta em parceria inédita com o DJ Nuts considerado um dos maiores conhecedores, pesquisadores e colecionadores da música brasileira. 

BIG GILSON
O guitarrista Big Gilson é um dos ícones do blues carioca, com projeção nacional e internacional. Ex- integrante da banda Big Allambick, construiu uma carreira solo de sucesso reconhecida por grandes mestres do blues. “Quando vejo um jovem tocando blues tão bem assim e tão longe da América, sinto que minha missão nesta vida está cumprida”, disse o maior ídolo do blues de todos os tempos, BB King.  Big Gilson lança seu décimo quinto CD no Rio das Ostras Jazz & Blues. 

LEON BEAL E IGOR PRADO & JUST GROOVE
Americano da Flórida, Leon Beal Jr. iniciou sua carreira na cena black-soul-blues de Boston, Leon foi um dos fundadores da banda de música R&B chamada Joy-Ful. Com a banda abriu shows para  grupos vocais da época áurea da Black Music, incluindo The Temptations, Blue Magic, Harold Melvin & The Blue Notes,  e The Stylistics, entre outros.
Igor Prado construiu uma trajetória impressionante no cenário do blues internacional. Foi o primeiro sul-americano indicado ao Blues Music Awards, na categoria “best new artist álbum” com seu mais recente trabalho, “Way Down South”, lançado nos EUA, Europa e Ásia pelo selo americano Delta Groove. 

DINO RANGEL – QUARTETO “CON ALMA”
O guitarrista e compositor Dino Rangel estudou com Sergio Benevenuto e pouco tempo depois foi para Nova Iorque tocar com grupos brasileiros e estudar com guitarristas de jazz. Em 1991 retornou ao Brasil e iniciou sua carreira profissional. Lançou dois CDs com composições autorais e algumas releituras pelo selo Niterói Discos. Excursionou por vários países da Europa com o grupo Brasiliana e participou de shows e gravações ao lado de grandes instrumentistas, como Leo Gandelman, Guinga, Arthur Maia, Marcel Powell, entre outros. Dino foi eleito um dos 30 melhores guitarristas do Brasil pela revista Heavy Metal Brasil em 2010. No Rio das Ostras Jazz & Blues se apresentará com o quarteto “Con Alma”. 

MAXIMO VALENTINI
O saxofonista Italiano Massimo Valentiniapresentará no Rio das Ostras Jazz & Blues o repertório de  seu novo álbum, Jumble, que reúne impressões coletadas por Valentini nos lugares onde ele viveu ou tocou. Na música do saxofonista sons e ritmos da América do Sul e da Europa Oriental se fundem. Maximo Valentini faz parte da Orquestra Saxofonista Italiana.
Em seu currículo prêmios como: 1º prêmio de música de câmara do Concurso Nacional Jovens Músicos em 1999, 1º prêmio no 5º Concurso de Música da Cidade Teramo em 2002, 1º prêmio geral no concurso Città di Camerino em 2005, 1º prêmio geral no Concurso Nacional de Saxofone Cidade de Camerino em 2006.


PALCO PRAÇA SÃO PEDRO 

LARANJELETRIC
Criada em 2010 no Rio de Janeiro, a banda desenvolve um som que caminha do blues ao funk, passando pelo soul, com canções autorais. Fortemente influenciados pela música negra, a Laranjeletric finca seus pés no blues para compor seu repertório autoral e em seus shows deixam claras suas referências ao interpretarem clássicos imortais de artistas como Robert Johnson, Muddy Waters e Jimmy Reed, mais adiante na linha do tempo do Soul e do Funk, reverenciando artistas como B.B. King, Freddie King, Bill Withers ou ainda enquanto remonta hinos de artistas que determinam a evolução do gênero como Jimi Hendrix e Curtis Mayfield. Laranjeletric é formada por Marco Lacerda (voz e guitarra), Marcus Kenyatta (guitarra e vocais), Ygor Helbourn (bateria e vocais), Bruno José Durans (percussão) e Pedro Leão (baixo).

VITOR KARYELLO TRIO
Vitor Karyello lança seu primeiro álbum solo,  Foto Síntese, com seis músicas instrumentais autorais.  O disco foi gravado ao vivo em estúdio sem overdubs. Teve a participação de Helbert Santos na bateria e Albert Batista no Contrabaixo.
Nesse show, além de tocar as músicas do Álbum, Karyello apresentará Standards do jazz e da bossa nova em versões instrumentais com muita improvisação. O Vitor Karyello Trio é formado por Vitor Karyello (guitarra),  Albert Batista (contrabaixo) e Helbert Santos (bateria). 

EDUARDO PONTI – JAZZ FUSION 
Eduardo Ponti é guitarrista, compositor, professor e arranjador.  Graduado pelo GIT  - Guitar Institute of Technology, estudou com músicos de renome com Mike Stern, Norman Brown, Scott Henderson, Carl Shroeder,Frank Gambale, Joe Diorio, entre outros. No Brasil, também contou com grandes mestres: Hélio Delmiro, Nelson Faria, Nico Assumpção e Isidoro Kutno. Participou de shows e gravações com Rosa Marya Colin, Sandra de Sá, Beth Bruno, Zeca Baleiro, Altay Veloso e  Emilio Santiago, entre outros. Lançou dois CDs autorais. “Pela Estrada”, pela Niterói Discos, e “Tatá”, pela Antro Records, ambos aclamados pela crítica especializada. 


ABERTURA 

ONDA DE SOPROS BIG BAND DE RIO DAS OSTRAS
Idealizada pelo flautista e Saxofonista Luiz Felipe Oliveira, Onda de Sopro Big Band reúne estudantes de música para um desafio musical dentro da disciplina de Prática em Conjunto no Centro de Formação Artística da Fundação de Cultura de Rio das Ostras. Também participam da big band ex- estudantes do Centro de Formação.  Luiz Felipe Oliveira é licenciado em Música, pelo Conservatório Brasileiro de Música - CeU, onde também cursa a Pós-Graduação em Educação Musical. Está em formação no “The San Francisco International ORFF Course” na cidade de San Francisco, Califórnia - EUA. Participa de do “Duo De Vento em Corda” com o violonista Rubens Tavares, o grupo “Segura o Choro” e o grupo “Conversa Afinada. 




Andrea Loureiro

Compartilhar Conteúdo
Release / Artigo
Texto com Imagens
Vídeo
Youtube, Vimeo ou Vine
Áudio
Soundcloud ou Mixcloud
Imagem
Fotos e Imagens